Vida salva: transporte do coração de Marlon Júnior teve escolta da PRF para Porto Alegre

Por 23 de junho de 2022

Vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que a escolta chegava a Porto Alegre, no começo da noite desta quarta-feira / Foto: HCPA/Divulgação

 

Uma operação que contou com a escolta da Polícia Rodoviária Federal garantiu o transporte do coração do jovem Marlon Oliveira da Rosa, o Marlon Júnior, 23 anos, falecido por complicações decorrentes de um acidente de trânsito em Cachoeira do Sul por volta das 19h do último sábado (18). O órgão foi levado entre o final da tarde e o começo da noite desta quarta-feira (22) do Hospital de Caridade e Beneficência (HCB) para o Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), onde um paciente aguardava para ser transplantado.

Por questões de segurança e de garantia de tempo hábil, o órgão deveria ter sido levado à Capital por transporte aéreo. No entanto, a logística foi alterada por causa da chuva. O HCPA informou pelas redes sociais que “as condições climáticas inviabilizaram o transporte aéreo e, graças ao apoio da PRF, o carro da Central de Transplantes em que estava a equipe do HCPA conseguiu realizar o trajeto em tempo hábil e com segurança. O transplante ocorreu à noite, no Clínicas”.

Na mesma nota, o Hospital de Clínicas informa ainda que “como o coração resiste cerca de 4 horas entre ser retirado e transplantado, cada instante é fundamental”. Além do coração, foram captados no HCB de Cachoeira do Sul os pulmões, rins e fígado. Uma equipe de nove médicos – seis da Santa Casa de Misericórdia e três do HCPA – e três enfermeiros da Organização de Procura por Órgãos atuaram no procedimento de captação realizado em Cachoeira.

O pai de Marlon Júnior, o deputado federal, médium, ex-vereador e ex-prefeito de Cachoeira do Sul, Marlon Santos, divulgou o post do Hospital de Clínicas nas redes sociais. “Deus seja louvado”, resumiu Marlon, em agradecimento pela vida que foi salva a partir do coração transplantado do filho. O corpo de Marlon Júnior foi sepultado na manhã desta quinta-feira (23), no Memorial das Alamedas, em Cachoeira do Sul.

O ACIDENTE

Marlon Júnior se acidentou de moto por volta das 19h de sábado no cruzamento das ruas Júlio de Castilhos e Duque de Caxias. Ele descia a preferencial com a namorada de 17 anos na garupa quando teve a frente cortada por um GM Onix.

A moto Honda NC 700x colidiu na lateral traseira do veículo. A condutora do carro, de 56 anos, relatou não ter visto a moto vindo em sua direção. A namorada de Marlon Júnior sofreu ferimentos leves e se recupera em casa.

O jovem sofreu traumatismo cranioencefálico, submeteu-se a cirurgia e permaneceu por três dias internado na UTI do Hospital de Caridade e Beneficência, em Cachoeira do Sul, até ter a morte cerebral confirmada às 8h46min desta terça-feira.

Marlon Júnior tinha 23 anos

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Após acidente, filho do deputado Marlon Santos é socorrido em estado grave ao HCB

“Não se revoltem com Deus…”, diz Marlon sobre atual estado de filho após acidente

“Trauma bem profundo”, diz Marlon sobre o quadro clínico do filho

Marlon Santos confirma a morte do filho, Marlon Júnior