“Trauma bem profundo”, diz Marlon sobre o quadro clínico do filho

Por 19 de junho de 2022

Marlon gravou live no Facebook na madrugada deste domingo para detalhar a situação do jovem Marlon Júnior / Foto: Reprodução

 

Nas primeiras horas da madrugada deste domingo (19), o médium e deputado federal cachoeirense Marlon Santos gravou um vídeo ao vivo pela sua página no Facebook para falar sobre o acidente sofrido pelo seu filho, Marlon Oliveira da Rosa, o Marlon Júnior, de 23 anos, por volta das 19h deste sábado (18) na Rua Júlio de Castilhos, no centro de Cachoeira do Sul. O pai deu detalhes da situação do jovem, que nas palavras de Marlon sofreu “um trauma craniano bem profundo”.

Marlon foi avisado sobre o acidente quando já havia saído do atendimento que presta todos os sábados no Centro Mediúnico da Volta da Charqueada e se deslocava para sua propriedade rural, na localidade de Mineração, no interior de Cachoeira do Sul. Marlon Júnior descia a Rua Júlio numa moto Honda NC 700x vermelha quando teve a frente cortada por um GM Onix no cruzamento com a Rua Duque de Caxias.

Segundo Marlon, a própria condutora do carro teria confirmado não ter visto a moto descendo a preferencial. “Foi um acidente bem grave e não foi por falta de aviso meu, do padrasto dele e da mãe dele”, lamentou o deputado. “Os piores acidentes e os mais prováveis são os que envolvem motos”, completou Marlon. A namorada de Marlon, uma jovem de 17 anos, sofreu ferimentos leves e já se recupera em casa.

QUADRO CLÍNICO

Até o momento da live, a última informação que Marlon tinha era de que os médicos estavam aguardando a evolução do quadro clínico de Marlon Júnior, que está internado em estado grave na UTI do Hospital de Caridade e Beneficência (HCB). Segundo Marlon, na escala de Glasgow, que mede a gravidade do traumatismo cranioencefálico (TCE), o quadro de Marlon Júnior oscila de 12 a 3, que significa moderado a grave. Pela mesma escala, o quadro já passa a ser considerado grave de 8 para menos. O jovem encontra-se em coma e apresentou sangramento auditivo na orelha esquerda e também pelo nariz.

“Quero agradecer pelo carinho de todos os amigos de Marlon Júnior, são meus amigos e da minha equipe. Quero também agradecer a todos da equipe do HCB, que foram extremamente prestativos, também às pessoas que ajudaram a socorrer o meu filho e a namorada dele, não sei quem são. Nesses casos, geralmente, as pessoas que mais são estranhas à gente são as que primeiro chegam. Agradeço também à Brigada Militar, Corpo de Bombeiros e Samu que atuaram no socorro do meu filho e da sua namorada”, agradeceu o deputado Marlon Santos.