“Fake news”, diz Marlon sobre suposta morte cerebral do filho

Por 20 de junho de 2022

Marlon criticou a maneira como têm se espalhado as notícias de suposta morte cerebral do filho / Foto: Reprodução

 

Em novo vídeo ao vivo nas redes sociais, gravado por volta das 16h desta segunda-feira (20), o deputado federal e médium cachoeirense Marlon Santos refutou informações de que seu filho, Marlon Oliveira da Rosa, o Marlon Júnior, de 23 anos, teria sofrido morte cerebral. A notícia ganhou força logo nas primeiras horas da manhã, inclusive na imprensa de Cachoeira do Sul.

Segundo o pai, Marlon Júnior está oficialmente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Caridade e Beneficência (HCB) em estado gravíssimo, em coma. “Existe um protocolo a ser seguido que a gente tem de respeitar. E respeitar da maneira mais cristã possível o sentimento de toda a família, muito especialmente da mãe e das irmãs dele. Se coloquem no lugar delas. Não antecipem as coisas”.

Os protocolos a que Marlon se refere são os que, clinicamente, apontam se o paciente está ou não em morte cerebral a partir de um quadro considerado irreversível. Segundo o parlamentar, não há nenhuma conclusão nesse sentido. “Foi tirada sedação e não está reagindo. Tem todo um protocolo medicinal e hospitalar que tem de ser respeitado. Além de a tragédia ser contundente, invasiva, absurda, ainda temos de ficar suportando todo tipo de cogitação”, lamenta o pai.

“Ao que tudo indica é isso, mas entre o que eu penso e os aparelhos, é uma outra coisa, então vamos aguardar. Eu venho trazer a informação, por mais dura que seja, para todos que queiram ouvir”, declarou Marlon.

“FAKE NEWS”

Marlon Santos lamentou o fato de a notícia da suposta morte cerebral ter ganhado força em redes sociais e por mensagens privadas e até mesmo na imprensa local. “Tem gente mandando pelo WhatsApp situação de morte antes mesmo da cirurgia. No fim, virou um acontecimento quase de celebridade, mas de forma macabra. Todo mundo querendo furar a notícia, se antecipa de tal maneira que sai do carinho e passa a entrar quase que pro nojo, quando o pessoal começa a divulgar um estado de luto pra uma situação tapada de fake news. O pessoal começa a cogitar e começa a sair reportagens e reportagens em jornais e sites, veículos de imprensa, dizendo que um familiar falou. Além de mandarem notícia sem pauta oficial, já tem gente até recebendo órgão não sei do que e nada disso foi feito, gente”, apelou o deputado.

Marlon relata que, desde então, tem recebido votos de pesar das pessoas. “Tem gente ligando toda hora, mal informadas, dando os pêsames. Estão certos em se preocupar, mas cuidado, gente, essas coisas são muito melindrosas. Agora é hora de colocar o sentimento cristão na prática”, lamenta Marlon Santos. “Não sei se o desfecho é agora, daqui a duas horas, dois dias. Ao que tudo indica é isso, mas entre o que eu penso e os aparelhos, é uma outra coisa, então vamos aguardar”.

APELO AOS JOVENS

Marlon fez também um apelo aos jovens sobre valorizar de forma excessiva a aquisição de carro de moto. “Gurizada, vamos tomar vergonha na cara. Enquanto um jovem americano está preocupado em ter o seu primeiro milhão, a sua primeira casa, sucesso em seus negócios, a piazada brasileira está preocupada em ter o primeiro carro ou a primeira moto. Além de saírem com dívidas, se endividam até com Deus, como se carro e moto fossem um empreendimento”.

O ACIDENTE

Marlon Júnior se acidentou de moto por volta das 19h de sábado no cruzamento das ruas Júlio de Castilhos e Duque de Caxias. Ele descia a preferencial com a namorada de 17 anos na garupa quando teve a frente cortada por um GM Onix.

A moto Honda NC 700x colidiu na lateral traseira do veículo. A condutora do carro, de 56 anos, relatou não ter visto a moto vindo em sua direção. A namorada de Marlon Júnior sofreu ferimentos leves e se recupera em casa.

O jovem sofreu traumatismo cranioencefálico profundo e se encontra em coma na UTI do HCB.

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Após acidente, filho do deputado Marlon Santos é socorrido em estado grave ao HCB

“Não se revoltem com Deus…”, diz Marlon sobre atual estado de filho após acidente

“Trauma bem profundo”, diz Marlon sobre o quadro clínico do filho