32.5 C
Cachoeira do Sul
quarta-feira, 3 março, 2021 - 18:39
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Suspeita de suicídio: padre de Rio Pardo é sepultado

Crédito: Reprodução

O corpo do padre Paulo Mayer, de 54 anos, chegou em Santa Cruz do Sul por volta das 20h30 dessa segunda-feira (15). Os exames no corpo foram realizados no Instituto Médico Legal de Passo Fundo. Já o velório foi feito na manhã desta terça-feira (16). Na sequência, foi levado para o sepultamento no Cemitério dos Padres, localizado em Linha Santa Cruz. Já o sepultamento ocorreu por volta das 9 horas.

O irmão gêmeo do pároco localizou o corpo em um açude na localidade de Linha Sete Léguas, interior de Boqueirão do Leão, ainda no domingo (14). A suspeita é que a morte deva ter ocorrido ainda na madrugada.

A principal linha de investigação da Polícia é de que ele tenha cometido suicídio. Junto à Casa Paroquial foi encontrado um bilhete, supostamente escrito pelo padre.

“Não aguento mais ver gente sofrendo e não poder fazer nada. Obrigado por tudo”

Câmeras de segurança registraram quando o padre deixou a residência, por volta das 2 horas, já na madrugada de domingo (14).

Crédito: Reprodução

Saiba mais

Paulo Mayer era natural de Rio Pardo e atuava como pároco da Paróquia São João Batista de Boqueirão do Leão. Foi vigário paroquial das paróquias Santo Inácio, de Lajeado; Nossa Senhora do Rosário, de Rio Pardo; e São Sebastião Mártir e Nossa Senhora da Natividade, em Venâncio Aires. Também atuou como Assessor Diocesano dos Coroinhas e foi reitor do Seminário São João Batista, de Santa Cruz do Sul. Desde 2009, Paulo Mayer respondia pela Paróquia São João Batista, de Boqueirão do Leão.

 

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região