Manifestantes cobram reabertura de unidade do IPE em Cachoeira do Sul

Por 6 de maio de 2022

Crédito: Gilmar Luiz Colombelli

Cerca de cem pessoas, entre representantes de sindicatos e associações de servidores estaduais e municipais, participaram de um abraço simbólico ao prédio onde funcionava o IPE em Cachoeira do Sul, nesta quinta-feira. O objetivo da manifestação foi pressionar pela volta dos atendimentos por meio da cedência do prédio para a prefeitura, que já treinou uma servidora para atender os usuários do IPE.

O representante regional do Sindicato dos Servidores de Nível Superior do Poder Executivo do Estado do Rio Grande do Sul da Central 3, Gilmar Luiz Colombelli, explica que o atendimento remoto não funciona para todos. “Muitos idosos têm dificuldade para acessar o sistema on-line, pois não têm as habilidades necessárias”, afirma. Segundo Colombelli, a unidade fechada há cerca de um ano era referência para a região, e pode voltar a atender também outros serviços, como a confecção de carteira de identidade, por exemplo.

A vice-prefeita Angela Schuh foi informada nesta semana que o processo que trata da cessão de uso do imóvel do IPE para a Prefeitura de Cachoeira do Sul retornou ao Departamento de Administração de Patrimônio (DEAPE) da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Estado.

Segundo a Assessoria Jurídica do DEAPE, não existem impedimentos jurídicos para prosseguimento da demanda. Agora, o pleito do Município será submetido à análise e deliberação do Comitê Gestor de Ativos – CGA, cuja próxima reunião está prevista para ocorrer ainda no mês de maio.

O Município vai ceder uma servidora, a professora Maria Simoni, para ser a facilitadora para usuários do IPE. Ela já tem acesso ao programa do Estado e está se familiarizando com o mesmo.