Governo garante prioridade para nova Ponte do Fandango

Por 24 de novembro de 2021

Prefeito Zé Otávio, presidente Bolsonaro, deputado Hamn e o ministro Tarcísio. Foto: Divulgação 

Em audiência no início desta manhã desta quarta-feira (22) com o presidente Jair Bolsonaro, o prefeito de Cachoeira do Sul, José Otávio Germano, obteve a garantia da construção de nova ponte do Fandango, na BR-153, sobre o Rio Jacuí. O projeto desta nova ponte deve ser entregue até dezembro pelo Ministério da Infraestrutura e as obras deverão iniciar em 2022. Também participaram da audiência o deputado federal do PP, Afonso Hamn e o procurador jurídico da Prefeitura, Hélio Garcia.

A nova ponte prometida pelo presidente Jair Bolsonaro ao prefeito de Cachoeira do Sul é prioridade “número 1” para o governo. Isto ficou claro na audiência, em Brasília. No encontro, o presidente Bolsonaro determinou ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, o imediato estudo técnico do projeto.

Será este estudo técnico que irá determinar como será construída a nova ponte. No entanto, a previsão é que o projeto se constituirá de uma nova estrutura aproveitando o que for possível da atual, principalmente, o acesso ao vão central – reformado em 2018 – onde aconteceu a rachadura de uma viga. A ideia é de uma reforma total o que permitirá a mudança de classe da Ponte do Fandango para comportar veículos acima de 75 toneladas. “Na prática será uma ponte nova sobre a atual”, disse o prefeito José Otávio Germano.

Até o final de dezembro, o ministro Tarcísio Gomes de Freitas vai apresentar o projeto e a execução da obra se dará em 2022. A previsão de conclusão é de um ano ou um ano meio, conforme o ministro.

MOBILIZAÇÃO

A presença do prefeito José Otávio Germano em Brasília mobilizou o governo. Tanto que quando ele foi recebido pelo presidente Jair Bolsonaro já havia uma definição sobre a situação da Ponte do Fandango. Isto deixou os cachoeirenses satisfeitos e mais otimistas a partir do momento que Bolsonaro determinou imediatamente a elaboração do projeto para a nova ponte.

ATENÇÃO

A Ponte do Fandango é uma estrutura de 1960 e é a principal ligação entre a BR-290 e RST-287. O vão central recebeu em 2018 uma revitalização num investimento de R$ 9 milhões. Em 29 de outubro deste ano uma rachadura em uma viga de concreto levou a Defesa Civil a determinar a interrupção da travessia o que causou transtornos para toda a região.

ESCORAMENTO

Depois de algum tempo, o Dnit decidiu construir um escoramento provisório na estrutura. Nesta quarta-feira (24) devem iniciar as obras que darão mais reforço à viga que apresenta a rachadura. Por enquanto, veículos leves estão autorizados a passar pela ponte. A obra do Dnit deve se estender por 30 dias. Até veículos pesados deverão utilizar rotas alternativas para chegar ou sair de Cachoeira do Sul.