Fenarroz reúne técnicos de renome do agro gaúcho na programação técnica

Por 8 de outubro de 2021

Programação técnica da 21ª Fenarroz se consolidou ao longo dos anos como um ambiente de intercâmbio de informações e troca de conhecimentos / Crédito: Arquivo/Fenarroz

A 21ª Fenarroz – Multifeira Internacional reunirá em sua programação técnica profissionais de renome no agronegócio gaúcho. A feira acontecerá de 12 a 17 de outubro, no Parque de Exposições de Cachoeira do Sul, e promete ser um ambiente de intercâmbio de informações e de difusão de conhecimentos sobre diferentes culturas e sistemas produtivos.

A 21ª Fenarroz concentrará a sua programação técnica nos dias 13, 14, 15 e 16 (quarta a sábado). Na quarta, está prevista a realização de um seminário voltado ao mercado e à gestão de sistemas produtivos. Já na quinta-feira, o 13º Seminário do Arroz Irrigado, promovido pelo Instituto Rio Grande do Arroz (Irga), terá na programação palestras técnicas que abordarão temas como manejo, novas cultivares, previsão climática para a safra 2021. Na sexta-feira, a programação técnica terá dois seminários, um deles voltado à produção de soja, e o 1º Seminário da Mulher do Agronegócio. No sábado, a programação técnica se encerra com o Seminário de Noz-Pecã.

O vice-presidente de Orizicultura da 21ª Fenarroz, engenheiro agrônomo Pedro Hamann, explica que nas palestras serão distribuídos temas como cenários de mercado, qualidade do arroz, manejo de arroz e soja com coberturas de inverno, novas tecnologias, inovação, gestão de pessoas, aplicação de tecnologias para produção sustentável, competitividade e biotecnologia. “São temas atuais que servirão como base para que os produtores e todos os interessados no processo produtivo possam se atualizar e participar dessa feira que é referência no agronegócio”, explica Hamann, que também é coordenador regional do Irga na Depressão Central do Rio Grande do Sul.

Diversificação

O crescimento das áreas de soja que superaram o espaço ocupado pela lavoura de arroz em regiões arrozeiras tradicionais do Rio Grande do Sul levou a Comissão Executiva da 21ª Fenarroz a abrir o leque de sua programação para a diversificação. A noz-pecã também vai ocupar lugar de destaque ao longo de toda a programação.

Parcerias com UFSM, Uergs e Emater

A 21ª Fenarroz também já está com parcerias fechadas junto às áreas técnicas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs) e Emater para o Seminário de Soja. Além do plantio em áreas de coxilha, técnicos abordarão a rotação da soja com arroz irrigado em áreas de várzea. Somente em Cachoeira do Sul, a soja ocupa hoje 10 mil hectares nesse tipo de relevo, o que, segundo especialistas do setor, é fundamental para a sustentabilidade da própria produção orizícola.

O protagonismo da mulher

Outro ponto de destaque na programação técnica é o 1º Seminário da Mulher no Agronegócio. Será um seminário voltado exclusivamente às mulheres que ocupam lugar de destaque no agronegócio, seja à frente da gestão de suas propriedades no contexto da sucessão familiar ou em posições de protagonismo no setor empresarial, em entidades e na política agrícola. Cases de sucesso deverão fazer parte da programação.

Agricultura familiar

A agricultura familiar também terá um espaço específico na 21ª Fenarroz. Pequenos e médios produtores e também as agroindústrias poderão expor e comercializar produtos coloniais na feira. O espaço voltado a este setor costuma estar entre os mais prestigiados da feira.

 

PROGRAMAÇÃO TÉCNICA DA 21ª FENARROZ – MULTIFEIRA INTERNACIONAL:

13 de outubro – Quarta-feira

09h30 – Abertura da Programação técnica da 21ª Feira Nacional do Arroz

10h – Estratégias de manejo para a cultura da soja em área de coxilha

Prof. Dra. Zanandra Boff de Oliveira – UFSM

Prof. Dr. Alberto Eduardo Knies – UERGS

Seminário Gestão e Mercado do Arroz

14h – Custo de Produção e os novos Desafios para a Lavoura Arrozeira

João Batista Camargo Gomes – Diretor Comercial IRGA

15h – Conjuntura e Cenários para a Safra 2021/22

Tiago Sarmento Barata – Diretor Executivo Sindarroz

16h – O arroz frente à pandemia – Cenários e perspectivas futuras do mercado

Cleiton Evandro dos Santos – Jornalista e Analista de Mercado AgroDados/Planeta Arroz

 

14 de outubro – Quinta-feira

9h – Abertura – 13° Seminário do Arroz Irrigado – IRGA

9h30 – Resultados da Safra 2020/21 e Perspectivas

Eng. Agr. Pedro Hamann – Coordenador Regional IRGA

10h – Aspectos ambientais e qualidade da água na produção de Arroz

Eng. Agr. Dra. Mara Grohs – Pesquisadora IRGA

11h – Antecipação da Irrigação em Arroz

Eng. Agr. Msc. Luiz Fernando Siqueira – Extensionista IRGA

14h – Soja em terras baixas: Manejo para alta produtividade e estabilidade

Eng. Agr. Msc. Ricardo Tatsch – Extensionista IRGA

15h – Coberturas de Outono/Inverno em Terras Baixas

Eng. Agr. Glaciele Valente – Extensionista IRGA

16h – Prognóstico Climático para a Safra 2021/22

Jossana Cera – IRGA

 

15 de outubro – Sexta-feira

13h – 18h – 1º Seminário Nacional da mulher do agronegócio

13h15 – Apresentação do evento pelo anfitrião

13h30 – Apresentação da Ministra da Agricultura

Teresa Cristina Correa da Costa Dias

14h – Apresentação Secretária da Agricultura Silvana Covatti

14h30 – Painel com Fátima Marquesan – Presidenta da

Associação dos Arrozeiros do Município de Alegrete

15h – Painel com Juliana Jaeger – Diretora Administrativa e

Financeira da Líder Tratores de Cachoeira do Sul

15h30 – Painel com Katia Hayakawa – Japa

Gerente da Cooperativa Agropecuária Cotribá

16h – Painel com Chaiane Leal Agne – Professora e

Doutora da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul

16h30 – Intervalo

17h00 – Painel com Ana Rubria – Bel. em Direito e Gestão Rural

17h30 – Painel com Glenda Haas – Cultura das olivas

17h50 – Painel com Odara Weinmann – Advogada e Professora

 

16 de outubro – Sábado

08h30 – 12h – Dia da Nogueira Pecan

8h30 – Abertura Organização do Evento

Mediador: Engº Agrº Jaceguáy Barros

Consultor Técnico da Pecanita Agroindustrial Ltda

08h45 a 9h30 – Aspectos Atuais da Produção da Pecan no RS

Lailor Garcia – Produtor e Coordenador Regional do IBPecan

09h30 – 10h15 – Desenvolvimento e Pesquisa em Pecanicultura no RS

Engº Agrº Carlos Roberto Martins

Pesquisador da EMBRAPA/CPACT – Pelotas

10h15 – 11h – Aspectos de Mercado para Pecanicultura

Cleiton Evandro dos Santos

Jornalista Especializado em Agronegócios

Diretor da AgroDados Inteligência em Mercados Agrícolas

11h – 11h45 – Debate com os apresentadores e participantes