17.7 C
Cachoeira do Sul
quarta-feira, 21 outubro, 2020 - 07:35
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Episódio #11 – Série Especial Cachoeira do Sul – 200 anos

Proximidade da Revolução Farroupilha acendeu alerta

Em 24 de setembro de 1835, antevendo problemas com a ordem e segurança públicas em razão do estouro da Revolução Farroupilha, o Juiz de Paz do Centro oficiou à Câmara Municipal comunicando-a da situação:

Officios = Do Js. de Páz do Centro = 24 de Septembro Corr.e = Que se responda disendo que com magoa recebeo a nuticia que no mesmo dá, porem que muito lhe louva o Zello que tem tomado sobre o bem estar
do Municipio e que espera que Continue na serteza de que a Camara o cuadjuvara em tudo que estiver a seu Alcance. Que se fassa Publico por Editais fazendo Constár que no Municipio riscos não há de Ser perturbado; que sem que a Camara espera em Seus habitantes hajao de prestar se com união e obdiencia as Leys e a Authoridades legalm.e constituidas huma vez que o corrão serconstancias que exijão. E por ser dada a hora o Senr” Prezidente levantou a seção E para Constar se lavrou a presente Acta em que assignarão perante mim Manoel Alves Ferrás Junior Secret.º que o escrevÿ

Joze Pereira da Silva
Joaquim Gomes Pereira
João Antonio Galvão
Antonio Joaqm. Barboza
Joaqm. Correa d’Olivra
Manoel Alvares dos Stos. Pessôa

Crédito: Arquivo

Os alertas foram feitos acerca de um momento que estava desenhado com tintas de crise e perigo. O conteúdo do ofício recebido pelo Juiz de Paz com o alerta para a Câmara, além do edital lançado, devem ter desaparecido durante o período da guerra. No entanto, o tempo não foi capaz de inutilizar o encadernado que abriga as atas das sessões.

MEMÓRIA

Crédito: Arquivo

O português Manoel Alves (ou Alvares) Ferraz, nascido na Freguesia de São Vicente de Alfena, no dia 5 de setembro de 1781, era filho de Antonio Alvares Coelho Pinto e Maria da Silva Flores Camelo. Em Cachoeira, foi grande proprietário e criador de gado.

Em 1820, foi nomeado 2º tabelião e escrivão dos órfãos e no dia 17 de março de 1830, acabou empossado como Juiz de Órfãos. De 1827 a 1829, desempenhou a atividade de Juiz de Sesmaria. Sua esposa, Inocência Umbelina de Jesus, neta de João Pereira Fortes, deu-lhe 13 filhos, sendo seis homens e sete mulheres. Acabou morrendo de parto aos 43 anos.

O nome de Manoel Alves Ferraz consta dentre os grandes doadores para as obras da Igreja Matriz. Faleceu no dia 16 de outubro de 1858, aos 77 anos. O corpo foi solenemente encomendado por todos os sacerdotes e sepultado em catacumba do Cemitério das Irmandades.

Advertisement
Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região