Viva a mudança!

Por 1 de junho de 2022

Iremos perceber que estamos mudando pra melhor quando mudarmos, igualmente para melhor, as reações que costumamos ter ao ser contrariados por pessoas e situações, e que até hoje encaramos de forma negativa e sofredora, como aprendemos a fazer desde sempre, só que isso nos faz mal, muito mal, como sabemos.

Mas se, ao contrário do normal, reagirmos de forma tranquila e serena nesses casos, do tipo “muita calma nessa hora”, a nossa vida vai agradecer demais, pois estaremos garantindo acima de qualquer coisa, inclusive de hábitos equivocados do passado, a nossa tão relaxante e prazerosa paz, que só nos faz bem, muito bem, e que só depende de nós preservá-la ou não.

Que tenhamos o melhor proveito do poder que possuímos de criar a realidade que vivemos, passando a plantar sempre o que gostamos de colher, e não o contrário disso, senão vamos continuar colhendo justamente o contrário do que desejamos.

Pois qualquer desafeto que nos venha é criado por nós mesmos através do que anteriormente pensamos, sentimos, falamos e fizemos, o que gera sempre o que nos acontece, como se fosse uma encomenda nossa ao universo, ou como alguém já disse sabiamente: “O delivery cósmico nunca falha”.

E a desarmonia então não finda, tornando-se cíclica, indo e voltando… assim: nem acabamos de sair de uma situação indesejável e já estaremos plantando outra, da mesma vibração, para colhermos mais adiante. Só que não precisa ser assim se não quisermos, o comando é todo nosso pra mudar. Viva a mudança!

 

O melhor de tudo é que a gente tem opção. A começar por concordar ou não com as afirmações acima.

Ótima semana, queridos leitores e leitoras!

Cleo Boa Nova é publicitário, palestrante, escritor, músico e comunicador, autor dos livros “A Nossa Vida é a Gente Quem Cria. Senão Não Seria a Nossa Vida.” e “Viva Feliz o Dia de Hoje. Viva!” e autor-intérprete do CD “Paz e Alegria de Viver”.