Vereador visita a UPA após repercussão de vídeo nas redes sociais

Por 13 de outubro de 2021

Crédito: OC/Arte/Reprodução

Após grande repercussão de um vídeo gravado na Unidade de Saúde e Pronto Atendimento (UPA) de Cachoeira do Sul, na última segunda-feira, onde uma paciente aparece caída no chão da unidade aguardando por atendimento, o vereador Magaiver Dias (PSDB), a pedido da comunidade, esteve no local na manhã desta quarta-feira para conversar com a coordenadora da UPA na busca por esclarecimentos sobre o ocorrido.

Segundo as informações recebidas pelo parlamentar, a paciente que aparece caída no vídeo já realiza um tratamento contínuo na UPA, e a demora para que fosse prestado o atendimento se deu devido a equipe técnica de enfermeiros estar atendendo um outro paciente que se encontrava em crise de surto no local. A paciente se encontrava acompanhada de um familiar, que após a queda procurou auxílio de uma enfermeira para prestar o devido atendimento a paciente. Ainda segundo informações da UPA, na última segunda-feira, foram realizados 165 atendimentos na unidade, devido aos postos de saúde do município se encontrar fechados em virtude do feriado, fator que ocasionou uma pequena demora para o atendimento dos demais pacientes que se manifestaram durante o vídeo.

“Conversei com a coordenadora Michele, e entendi a situação exposta por ela sobre o ocorrido. Na tarde de hoje, ela estará presente em reunião do Conselho Municipal de Saúde para prestar esclarecimentos sobre o fato. A UPA trabalha com uma grande transparência para com a comunidade, busquei verificar todo o contexto do ocorrido para que também pudesse trazer maiores informações a cerca de 40 pessoas que me procuraram nas últimas 24 horas” – vereador Magaiver Dias

Papel fiscalizador

O vereador ressaltou que tem como prerrogativa do seu mandato exercer o papel fiscalizador e acompanhar as situações do cotidiano cachoeirense. “Estou atento a todas as questões pertinentes ao município, o meu papel como vereador é fiscalizar e busco o fazer sempre da melhor maneira, sempre ouvindo as partes envolvidas e buscando mediar através do diálogo”, finalizou Magaiver.

Confira vídeo do caso: