11.2 C
Cachoeira do Sul
domingo, 20 junho, 2021 - 03:52
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • REGIÃO
  • Vereador do PT em Santa Cruz diz que facada em Bolsonaro foi “teatro”

Vereador do PT em Santa Cruz diz que facada em Bolsonaro foi “teatro”

O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o senador Flávio Bolsonaro – filhos do presidente Jair Bolsonaro – publicaram entre a noite deste sábado (29) e a manhã deste domingo (30) um vídeo do vereador de Santa Cruz do Sul, Alberto João Heck (PT), que também é professor. Durante manifestação contra o presidente da República, registrada em diversas cidades do Brasil – incluindo Santa Cruz do Sul, o vereador petista diz que a facada no então candidato , em setembro de 2018, foi um “teatro”.

Heck menciona o autor do ataque, Adélio Bispo de Oliveira:

“Esse governo se especializou em criar notícias falsas. Começou com o teatro da facada no mito. Porque se não fosse um teatro, mal ensaiado por sinal, nós só teríamos que dizer: ‘Adélio, seu imbecil por ter errado’. Nós poderíamos estar livres desse mal” – vereador de Santa Cruz do Sul, Alberto Heck (PT)

Confira a publicação por Carlos Bolsonaro:

“Além de Governadores e prefeitos estuprarem o povo, a esquerda subestima a sua inteligência sobre a conta do ‘fique em casa e a economia a gente vê depois'” – vereador no RJ, Carlos Bolsonaro

O Partido dos Trabalhadores do Rio Grande do Sul ainda não emitiu posição a respeito do episódio. Em suas redes sociais, Heck destaca as manifestações contra o presidente organizadas pela oposição.

“Que esse vagabundo maldito tenha em dobro tudo aquilo que ele deseja para o meu pai! Vereador Alberto Heck/PT. Santa Cruz do Sul/RS” – senador Flávio Bolsonaro
Publicação via Flávio Bolsonaro com a manifestação do também professor Alberto Heck:

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região