Vacinação de crianças de 3 e 4 anos contra covid deve começar gradualmente

Por 21 de julho de 2022

Recomendação do Estado é de que imunização seja feita proporcionalmente com a disponibilidade de doses em estoque / Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

 

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) informou nesta quarta-feira (20) que a vacinação das crianças de três e quatro anos contra a covid-19 deverá começar gradualmente de acordo com a disponibilidade do saldo de vacinas coronavac em estoque nos municípios.

Neste primeiro momento, a prioridade será para as crianças imunodeprimidas. Há cerca de 172 mil doses remanescentes já distribuídas no Estado, enquanto o público total estimado dessa faixa etária no Estado é de 281 mil crianças.

Não houve ainda uma indicação por parte do Ministério da Saúde do envio de novos lotes de coronavac aos Estados. Por isso, a recomendação da SES é que os municípios utilizem até 50% dos seus estoques, reservando a outra metade para a segunda dose, que pelo esquema deve ocorrer 28 dias após a primeira dose.