28.9 C
Cachoeira do Sul
domingo, 28 fevereiro, 2021 - 17:59
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

UPA de Cachoeira registra 125 mil atendimentos em dois anos

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de Cachoeira do Sul, em dois anos de funcionamento registra 125 mil atendimentos. A inauguração aconteceu em 20 de julho de 2017 e desde então ocorreram 530 mil procedimentos com uma média de 197 atendimentos/dia.  No próximo dia 19 de julho, às 10h, haverá uma cerimônia, na unidade em comemoração a data.

O foco principal da UPA é atender casos de emergência e urgência, por isso conta com dois médicos plantonistas 24h e uma equipe de 64 funcionários divididos entre enfermeiros, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia, farmacêutica, assistente social, auxiliares administrativos e serviços gerais.

O Hospital de Caridade e Beneficência (HCB) é a instituição contratada pela Prefeitura para administrar a UPA. O HCB dá suporte em casos que necessitem de cirurgias, avaliação neurológica ou de traumatologia e internações.

 

UPA de Cachoeira do Sul é administrada pelo HCB. Foto: Divulgação

 

ATENÇÃO

Queixas menos grave ou com sintomas a mais de uma semana deveriam ser encaminhados à Rede Municipal de Saúde, ou seja, para as UBS ou ESFs. De acordo com a coordenadora da UPA, enfermeira Michele Kohler, cerca de 80% dos atendimentos são realizados a esses pacientes, classificados como pouco urgente e não urgente. Ela disse que o tempo de espera para atendimento é realizado a partir do Protocolo de Manchester, que classifica cada caso por cor: vermelho, amarelo, verde e azul.

IMPORTANTE

A UPA dispõe de sistema eletrônico integrado com a Rede onde são obtidas informações atualizadas sobre o estado de saúde do paciente e inserido no histórico da consulta realizada, assim como os laudos dos exames provenientes do atendimento.

A coordenadora destaca que a UPA segue os mesmos padrões de qualidade estabelecidos pelo HCB, que está em processo de acreditação hospitalar através da ONA (Organização Nacional de Acreditação), aplicando os protocolos exigidos pela ANVISA, mapa de gerenciamento de riscos da unidade e protocolos médicos assistenciais para garantir a segurança, humanização e qualidade na assistência ao paciente. “Para isso cumprimos um cronograma de educação permanente visando qualificar as equipes”, ressalta Michele, além da realização de visitas técnicas de outras entidades que tem a UPA como referência para o desenvolvimento de seus processos.

EQUIPE

“Contamos com uma equipe especializada e altamente treinada para realizar a higienização da Unidade e assim minimizar a infecção cruzada. De acordo com as auditorias internas realizadas pelo Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do HCB, nossa última nota foi 9,2 (máxima 10) “, comemora a coordenadora.

A UPA conquistou a qualificação junto ao Ministério da Saúde com 100% de aprovação (o que demonstra que a unidade está dentro dos padrões exigidos), com tempo recorde, no dia 21 de dezembro de 2017, com apenas cinco meses de funcionamento. Isso faz com que a quantia repassada pela Prefeitura seja de menor impacto para os cofres públicos, pois a partir desta titulação o Governo do Estado repassa mensalmente R$ 135 mil, Governo Federal R$ 170 mil e a Prefeitura repassa R$ 295 mil para a manutenção do serviço.

Saiba mais:

– O horário de maior procura de atendimento na UPA é das 12h às 18h, com média de 74 pacientes nesse período;

– A maioria dos pacientes são adultos, com idade entre 18 e 59 anos (53,98%), idosos com mais de 60 anos (21,66%), crianças de 0 à 11 anos (19,18%) e adolescentes de 12 à 17 anos (5,18%).

 

UPA em números:

– 122.846 atendimentos médicos, ou seja, a cada 8,13 minutos um paciente é atendido pelo médico

– 2.026 consultas de enfermagem;

– 572 consultas de assistente social, além de encaminhamentos e orientações diárias;

– Totalizando 125.447 atendimentos. Sendo que 3.108 realizados a pacientes de outros municípios;

– 531.387 procedimentos, dos quais destacamos:

– 10.129 exames de imagem (Raio X)

– 10.711 exames laboratoriais

– 4.721 eletrocardiogramas

 

Infraestrutura:

 

– A UPA dispõe de aparelho de RX semi-digital, com análise realizada por especialistas;

– Eletrocardiogramas (ECG), com o apoio de um serviço de telemedicina, o qual oferece segurança quanto a interpretação de traçados e orientações 24 horas online;

– Sala de espera e de atendimentos climatizadas;

– Sistema de chamado em tela (com foto e nome completo do paciente);

– Cadeira de rodas, maca e aparelho de pressão para pacientes obesos;

– Aparelho de verificação de temperatura com infra vermelho;

– Venoscópio (aparelho para localizar veias);

– Monitores dixtal (para uma precisa verificação dos sinais vitais).

– Sala de emergência amplamente equipada para urgências e emergências.

 

Pesquisa de Satisfação

 

A UPA tem aprovação de mais de 97% dos usuários, ilustrado através da pesquisa de satisfação respondida pelos pacientes e acompanhantes, sendo divulgado mensalmente ao gestor municipal, assim como as oportunidades de melhorias sugeridas para a prestação do serviço.

 

Curiosidade:

– Dia 18 de julho de 2018 a UPA realizou 272 consultas, maior número de atendimentos registrados até os dias atuais.

 

Fonte: Prefeitura/Assessoria de Imprensa

 

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região