15.1 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 13 abril, 2021 - 08:31
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Turno integral em escolas de Cachoeira beneficia 500 alunos

 

 

Escola Ciep localizada na zona norte trabalha com estudantes no turno integral. Fotos: OC Digital

 

Em Cachoeira do Sul, das 22 escolas estaduais, quatro trabalham no programa Escola de Turno Integral em um universo que abrange cerca de 500 alunos. Três estabelecimentos atendem estudantes do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) e um, que frequenta o Ensino Médio, como é o caso da Escola Estadual Vital Brasil, que neste ano iniciou a nova modalidade.

As outras escolas: Angelina Salzano (Bairro Fátima), Escola Liberato (Bairro Tupinambá) e Virgilino Jaime Zinn- Ciep – (Bairro Preussler) já trabalham há mais tempo no turno integral. Os estudantes recebem café da manhã, almoço e lanche à tarde. “A gestão do turno integral, inclusive monitoramento nos intervalos, é uma atividade a cargo das direções”, afirma a coordenadora da 24ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Elaine Dalcin, acrescentando que as refeições seguem um cardápio administrado pela escola.

Ela disse que o turno integral pode ser solicitado pelas comunidades escolas. “É preciso existir interesse, para que o projeto seja elaborado. Trata-se de uma ação de integração com as famílias e, principalmente, dos estudantes com a escola”, observa a coordenadora de Educação.

IMPORTANTE

O Programa Escola em Tempo Integral se engaja numa perspectiva de desenvolvimento de uma escola pública que cumpra com a sua função social, que é a de permitir às crianças, adolescentes e jovens o acesso ao conhecimento, contextualizando-o com o mundo em que vivem.

Além disso, está em consonância com o Plano Estadual de Educação, que prevê na Meta 6 a oferta de educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas, de forma a atender, pelo menos, 25% dos alunos da educação básica até 2025.

O número de escolas da rede estadual funcionando em Tempo Integral saltou de 46, em 2015, para 104, em 2016. Com a medida, o número de estudantes atendidos passou de 9,9 mil para 20,5 mil, conforme a Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

 

Elaine Dalcin, a coordenadora da 24ª CRE
Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região