9.8 C
Cachoeira do Sul
segunda-feira, 21 setembro, 2020 - 22:08
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Tudo se resolve.

Por mais complexo e importante que pareça algum problema que nos chegue, uma coisa é certa: iremos resolvê-lo, de um jeito ou de outro, como sempre fizemos. Tudo se resolve, sim, tudo se resolve… Se tivermos essa convicção presente e clara em nosso pensamento, o que nos fará manter a calma e a tranquilidade adequadas para o nosso êxito, que show: grande parte da solução necessária já vai estar muito bem encaminhada, pois toda a conquista que fazemos começa sempre pela firme certeza da nossa capacidade de alcançá-la.

Porém, quando nos preocupamos em demasia, o que muitas vezes acontece nesses casos, costumamos ficar nervosos, inseguros, tornando assim mais difícil a busca de uma solução apropriada a qualquer tarefa, porque o nosso discernimento e a nossa lucidez se encontram aí bastante comprometidos, não exatamente por causa do problema em si, mas pela forma como nós o encaramos. Só que não precisa ser dessa maneira, nem deve, para o nosso próprio bem e de quem conta com o nosso desempenho.

Sendo assim, para qualquer problema que tenhamos de resolver, quanto mais intranquilos ficarmos em relação a ele, maior nós o tornaremos, podendo até transformá-lo num problemão. Mas se o encararmos com plena confiança na nossa real competência para solucioná-lo, como tantas vezes já provamos a nós mesmos, é certo que ele não passará de apenas mais um desafio a ser superado. Importante considerar que, em qualquer caso, o problema terá mesmo de ser resolvido… Nós é que iremos determinar o seu tamanho.

O melhor de tudo é que a gente tem opção. A começar por concordar ou não com as afirmações acima.

 

Ótima semana, queridos leitores e leitoras!

Cleo Boa Nova é publicitário, palestrante, escritor, músico e comunicador, autor dos livros “A Nossa Vida é a Gente Quem Cria. Senão Não Seria a Nossa Vida.” e “Viva Feliz o Dia de Hoje. Viva!” e autor-intérprete do CD “Paz e Alegria de Viver”.

Advertisement