17.5 C
Cachoeira do Sul
sexta-feira, 16 abril, 2021 - 23:53
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Tom Veiga, o Louro José: família desconfia de envenenamento

A família de Tom Veiga, que interpretou o Louro José, no programa “Mais Você”, de Ana Maria Braga, quer exumar o corpo do humorista por suspeita de envenenamento. O ator foi encontrado morto aos 47 anos, no dia 1º de novembro do ano ano passado. Na ocasião, um laudo preliminar do Instituto Médico Legal (IML) informou como causa da morte um aneurisma seguido de um acidente vascular cerebral.

Segundo informações do colunista Léo Dias, que falou com fontes próximas aos parentes de Tom, sua ex-mulher, Cybele da Costa Veiga, conseguiu fazer com que o artista fizesse um testamento a incluindo, com direito ao pagamento de uma pensão de R$ 18 mil por ano. Ainda de acordo com o colunista, Tom teria tentado tirar o nome de Cybelle do inventário, mas acabou morrendo 20 dias depois.

No testamento, o ator teria dado 50% de seus bens para os quatro filhos – Diego e Amanda, que teve com Cristina Rilco, e Adrian e Alissa, com Alessandra Veiga. O restante (50%), ficariam com Cybelle, com quem o comediante ficou casado entre janeiro e setembro de 2020.

Três dias antes de Tom morrer, ele teria pedido a um amigo que fosse junto até um cartório para que testemunhasse uma mudança no seu testamento. Tom queria tirar o nome de Cybelle do documento, e, por meio de um áudio recebido pela publicação, teria dito. “Pode ir lá comigo para cancelar essa bosta?”.

Os filhos de Tom estariam ainda movendo uma ação cível para que seja provado judicialmente a indignidade de Cybelle como herdeira; além de outra ação para que Amanda seja a inventariante. Cybelle pede também à Justiça o direito de ser inventariante do espólio de Tom.

Cybelle e Tom casaram em janeiro de 2020, e em agosto do mesmo ano, trocaram a união estável por um casamento com a separação total de bens. Eles se separaram logo em seguida.

Crédito: Reprodução
Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região