Setor empresarial cachoeirense perde Gustavo Corrêa Müller

Por 10 de outubro de 2021

Gustavo Corrêa Müller deixa legado de uma vida dedicada ao setor empresarial de Cachoeira do Sul / Foto: Milos Silveira/Arquivo

 

O setor empresarial de Cachoeira do Sul perdeu neste sábado (9) uma de suas referências. O empresário e agropecuarista Gustavo Corrêa Müller faleceu no Hospital de Caridade e Beneficência, aos 90 anos.

Ele integrou por anos a direção da Rede Tischler de Supermercados e por mais de quatro décadas foi conselheiro fiscal da Celetro. Em agosto deste ano, a Cooperativa fez ao empresário uma homenagem em vida, inaugurando no complexo administrativo de Cachoeira do Sul a Sala Gustavo Corrêa Müller, como reconhecimento aos relevantes serviços prestados. “Sua prática administrativa e sua experiência foram de significativa importância para a Celetro ser o que ela é hoje, uma Cooperativa forte, que se aprimora e que qualifica seus serviços e seu atendimento todos os dias”, declarou na ocasião o presidente José Benemídio Almeida.

Na homenagem da Celetro, se fizeram presentes toda a direção, conselheiros e gerentes. Todos destacaram que Gustavo Corrêa Müller teve uma trajetória marcada pelo zelo aos atos administrativos da cooperativa.

Gustavo Corrêa Müller deixa a esposa Nely Tischler Müller, os filhos Ricardo e Eliana, o genro Paulo Afonso Schwab, netos, bisnetos e demais familiares. O sepultamento foi realizado neste sábado, no Cemitério das Irmandades.