5.6 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 22 setembro, 2020 - 07:56
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Setor de eventos vai pedir à Prefeitura de Cachoeira liberação de suas atividades

 

Setor argumenta prejuízos e se dispõem a seguir regramento determinado pela Prefeitura. foto: Divulgação

Um grupo de cachoeirenses que reúne cerca de 200 pessoas do setor de eventos vai pedir à Prefeitura de Cachoeira do Sul  a liberação de festas de casamentos, aniversários e outras atividades festivas. Trata-se do Cachoeira Eventos: Proativo de Retomada Responsável. Um encontro com o prefeito Sergio Ghignatti, está agendado para a próxima terça-feira, dia 25.

A ideia do movimento é, em parceria com a Prefeitura, criar um protocolo para a retomada de eventos com determinações estabelecidas em decreto municipal. Com a pandemia, o setor de eventos está paralisado o que resulta em prejuízos para a economia e na geração de empregos, alegam os integrantes da manifestação.

ATENÇÃO

Em documento entregue à Prefeitura, o grupo salienta que “questiona o  número de frequentadores dos restaurantes que podem admitir 50% do teto, amparados por decreto municipal e – ao setor de eventos –  não se poder ter, por exemplo, um grupo de 40 pessoas, com todos os cuidados sanitários e de distanciamento, para fazer uma comemoração, sendo que temos mais de 200 trabalhadores em eventos em Cachoeira do Sul, gerando direta e indiretamente mais de 1500 empregos formais ou informais”.

Na argumentação estabelecida em documento entregue à Prefeitura, também é salientado que “neste momento em que reivindicamos a flexibilização para realizar eventos em geral, a responsabilidade passa a ser do contratante e contratado/profissionais da área de eventos sob regulamentação dos protocolos de atendimento aos eventos, com termo de responsabilidade assinado por ambas as partes. Também vamos observar listagens dos participantes de qualquer evento com seus devidos telefones. Desta forma, solicitamos a continuidade de nossas negociações visando a flexibilização e a elaboração de um Decreto Municipal sobre e retomada de nossos eventos em Cachoeira do Sul”.

FLEXIBILIZAÇÃO

“Embasados nos dados nacionais e internacionais sobre as restrições sofridas pelo setor de eventos com sérios prejuízos, faz-se necessária a urgente a flexibilização do setor, visto que existe um contrassenso com aglomerações sem cuidados. Estamos propondo todos os cuidados pertinentes para darmos prosseguimento ao nosso objetivo, visto que queremos gerar trabalho e renda, assim como emitir muitas notas fiscais, com isso geração de impostos”.

Advertisement