27.1 C
Cachoeira do Sul
quinta-feira, 26 novembro, 2020 - 12:38
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

SÉRGIO GHIGNATTI: PROPOSTAS PARA EDUCAÇÃO NO DEBATE DO SIPROM

Crédito: Reprodução

No debate promovido pelo Sindicato dos Professores Municipais de Cachoeira do Sul na noite desta quarta-feira (4) contou com a participação dos sete candidatos a prefeito.

Confira as propostas de SÉRGIO GHIGNATTI para a área da Educação (conforme seu plano de governo):

  • Desenvolver um trabalho coletivo, com contratação, se necessário, de equipe multidisciplinar, primando pelo fortalecimento da saúde emocional dos profissionais e das comunidades escolares pós-pandemia
  • Ampliação da oferta de educação infantil na faixa etária de O a 3 anos, de 38% para 50%
  • Aprimorar as campanhas de Busca Ativa Escolar “O Futuro se Faz Agora” e ‘Fora da Escola não Pode”, de modo a garantir o acesso de todos os estudantes de 4 a 17 anos, num esforço constante contra e evasão escolar, principalmente dos alunos jovens e adultos (EJA)
  • Garantir a inclusão de crianças com deficiência e necessidades especiais, assegurando acessibilidade, equipamentos e formação para os profissionais da rede municipal de ensino para este fim, mantendo e ampliando as parcerias com AFAD e APAE
  • Garantir a alfabetização de 100% das crianças até 0 2 0 ano do ensino fundamental; – Fortalecer e aumentar a Educação em tempo integral, ampliando o número de escolas com este fim e consequentemente o número de alunos atendidos na educação infantil; – Garantir por meio de projetos a qualidade da educação básica em todas as etapas e modalidades, por meio da melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem de modo a atingir em todas as etapas as médias nacionais indicadas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB)
  • Contribuir para elevar a escolaridade média da população de 18 a 29 anos e elevar a taxa de alfabetização da população com mais de 18 anos
  • Implantar políticas educacionais para o EJA (Educação de Jovens e Adultos), principalmente na formação de professores e capacitação para o mercado de trabalho
  • Elevar a taxa de alfabetização da população com mais de 18 anos
  • Fomentar parcerias com instituições de ensino superior, com intuito de estabelecer troca de conhecimento e fortalecimento na capacitação profissional
  • Valorizar ao máximo possível, as iniciativas inovadoras
  • Aprimorar projetos que envolvam a Secretaria de Saúde e Escolas para trabalharem em parceria com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos alunos e de suas famílias, cabendo à Escola detectar o problema e repassar para a Secretaria de Saúde, visando à higiene, educação sexual, gravidez na adolescência, drogas, entre outros problemas que dizem respeito à saúde, procurando diminuir assim o impacto da Sociedade. A escola não precisa ir até a saúde, a saúde irá até a escola
  • Incentivar a formação de professores em nível de pós-graduação em sua área de atuação
  • Valorizar os profissionais da educação atualizando o Plano de Carreira e tendo como referência o piso salarial nacional profissional
  • Criar a lei da Gestão democrática do Ensino Público
  • Envolver a família e a comunidade na gestão escolar pública apoiando os CPMs e Conselhos Escolares
  • Criar um programa de “reforço escolar” com o objetivo de aprimoramento do aprendizado e erradicação do analfabetismo
  • Fortalecer o Programa de formação continuada dos profissionais da educação, por meio de núcleo
    específico
  • Fomentar o uso de tecnologias aplicadas à educação por meio de formação continuada, aquisição
    de equipamentos e melhoria da conectividade das escolas
  • Informatizar a gestão educacional e escolar, garantindo a inovação de processos e transparência
  • Aprimorar o “Programa de Assistência Psicopedagógica” nas escolas municipais Investir na reforma, manutenção e revitalização das escolas e creches municipais, garantindo equipamentos e mobiliários escolares para as escolas da sede e do campo -Implantação de projetos que garantam a qualidade social da Educação e o maior tempo de permanência dos alunos na escola, através de projetos como: arte, teatro na escola, artesanato, oficina de arte, pintura, música, danças e atividades esportivas
  • Manter e melhorar a alimentação escolar e verificar todas as possibilidades de aproveitamento dos
    produtos da agricultura familiar
  • Manter e melhorar, quando necessário, o transporte escolar, disponibilizando veículos adequados e
    renovando a frota
  • Aprimorar as parcerias com as universidade de forma promover a interlocução entre educação básica e ensino superior
  • Fortalecer a COMDECAMPO (Comissão Municipal de Educação no Campo)
  • Estimular nas escolas a cultura da Paz, por meio da implantação de Práticas Restaurativas, previstas
    na Lei Municipal

Acompanhe como foi a participação do candidato no debate:

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região