17.8 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 22 setembro, 2020 - 20:04
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Será que o Inter tem time para vencer o Campeonato Brasileiro?

Crédito: Instagram

O Internacional venceu um candidato ao título e está em primeiro no Campeonato. Isso pode durar?

Depois de perder o Campeonato Gaúcho, sendo derrotado pelo Grêmio mais uma vez, o Internacional e seus torcedores não entraram no Campeonato Brasileiro com a maior das empolgações. Mas depois de cinco jogos, o colorado é o líder com 12 pontos e vitórias contra o Atlético-MG, candidato ao título, e Santos, dominando o jogo inteiro. Chegou a hora de empolgar? Dá para a equipe pensar em uma conquista que não vem desde 1979?

Coudet e seu elenco

Que Eduardo Coudet precisaria de tempo é algo óbvio. O time teve algumas derrapadas, a torcida começou a pegar no pé, especialmente com duas derrotas doídas para o Grêmio no estadual, mas ao ler as notícias esportivas envolvendo o clube, jogadores e diretoria mantiveram sua fé em Coudet sem pestanejar.

O futebol ainda não é maravilhoso, sendo até mais defensivo que o que o treinador implantou no Racing da Argentina, mas temos que pensar no elenco também. O Inter não tem um time de grandes destaques individuais. Paolo Guerrero, o maior nome entre todos, é um bom jogador mas longe de ser um craque inegável.

Por isso o Inter investe em intensidade, sendo um time que corre muito e é compacto, com um meio-campo dinâmico que tem Edenílson como destaque. Agora, sem Guerrero, que sofreu uma séria lesão no joelho, o time vai precisar colocar todas as suas fichas na vontade: o Inter precisa correr mais e melhor que seus rivais.

Só que isso pode não ser suficiente em um campeonato tão longo que está comprimido por causa da pandemia. O Inter ainda tem a Libertadores – também está no grupo do Grêmio – e a Copa do Brasil para disputar. Com elencos mais recheados – Flamengo e Palmeiras, por exemplo -, o colorado precisa pensar em reposições.

Foi com essa mentalidade que a equipe foi atrás de Yuri Alberto, atacante que saiu do Santos. Mas agora o nome da vez é Alexandre Pato, que saiu da base do clube e rescindiu com o São Paulo recentemente.

Apesar de não estar em boa fase, uma volta a casa pode ser positiva para ambos os lados e cria uma referência que não existe desde a lesão de Guerrero. Bruno Fuchs é outro que o clube não pode contar mais, vendido para o CSKA da Rússia.

Os rivais na disputa pelo título

O Flamengo, algoz do Inter na Libertadores de 2019, é o primeiro clube que vem a cabeça quando se fala em favoritos para a conquista do Campeonato Brasileiro. O time ainda tropeça no pós-Jorge Jesus, mas com o elenco mais qualificado do país e diversos jogadores muito acima da média para o futebol nacional, não dá para dormir no ponto mesmo que o Inter já tenha aberto sete pontos de vantagem.

O Atlético-MG também é um candidato. No jogo da quinta rodada o Inter se fechou, entregou a bola para Jorge Sampaoli e seu time no segundo tempo depois de ter aberto o placar no primeiro.

Deu certo e a equipe gaúcha assumiu a liderança do campeonato, com dois pontos a mais que o Vasco (que tem um jogo a menos).

Não seria uma surpresa o Inter ser um time competitivo até o final, já que desde que voltou da Série B fez duas campanhas no topo da tabela, classificando para a Libertadores em ambos os anos. Mas para dar o passo final e brigar por um título que não chega há 41 anos é preciso mais.

Veremos se o Inter se reforça.

Advertisement