Secretária do RS confere de perto Saúde em Cachoeira do Sul

Por 2 de setembro de 2021

A secretária de Estado da Saúde, Arita Bergmann, realizou um roteiro de compromissos nesta quinta-feira em Cachoeira do Sul. Na Prefeitura, ela foi recebida pelo prefeito José Otávio Germano, vice-prefeita Angela Schuh, secretários e servidores municipais e membros da 8ª Coordenadoria de Saúde.

O prefeito relembrou à secretária algumas ações realizadas pelo município que fizeram com que Cachoeira saísse da pior colocação em número de incidência de coronavírus para a realidade atual, com controle do número de novos casos e da ocupação hospitalar. A respeito do monitoramento de positivados e da testagem dos funcionários dos setores econômicos, a secretária disse se tratar de estratégias corretíssimas, reforçando a necessidade de rastrear e monitorar os casos.

A coordenadora do Gabinete de Crise, Juliana Flores, disse que o Município sempre teve o suporte do Governo do Estado, o que foi muito importante para que a situação da pandemia se encontre estabilizada atualmente. “A reversão do cenário que era o pior do Estado se deu pelo esforço do Município, do Estado e do HCB”, declarou a advogada.

Crédito: Ass. Com.

Programa Assistir

Prefeitura e Hospital de Caridade e Beneficência aproveitaram a visita da secretária para reforçar o interesse em disponibilizar à população o atendimento ambulatorial de média complexidade nas áreas de neurologia, cardiologia, cirurgia vascular, cirurgia geral e gestantes de alto risco através do Programa Assistir, criado pelo Estado para gerir os incentivos hospitalares.

Administração Municipal e instituição demonstraram interesse ainda em oportunizar atendimento ambulatorial nas áreas de ginecologia, urologia e oftalmologia, para os quais o Município se comprometeria em oferecer o local adequado para o funcionamento.

Elogio à vacinação e ao TEAcolhe

Durante sua fala, a secretária Arita parabenizou Cachoeira pela excelente cobertura vacinal e falou sobre a cidade ser sede do Centro Macrorregional do TEAcolhe. “Sabemos da luta das famílias que têm crianças com espectro autista por esse atendimento especializado”, declarou a secretária.

À tarde a Secretária participou de homenagem aos profissionais de saúde promovida pela 8ª Coordenadoria Regional de Saúde e visitou a sede do TEAcolhe em Cachoeira.

Foto Noticia Principal Grande

Crédito: Ass. Com.

Durante seu roteiro de compromissos em Cachoeira do Sul, a secretária Estadual de Saúde Arita Bergmann visitou o local que receberá o Centro Macrorregional do TEAcolhe. A casa fica na Rua 7 de setembro, próxima ao HCB.

Além do atendimento local de crianças e adolescentes com espectro autista, o Centro será a base dos profissionais que realizarão o matriciamento para outros 62 municípios.

Parte da equipe que vai trabalhar no Centro já está selecionada. A Prefeitura trabalha nos processos licitatórios para finalizar o processo de aluguel da sede, compra do carro e dos equipamentos.

Em sua fala, a secretária Arita disse que o TEAcolhe é a integração entre a saúde, assistência social e educação e que tem como essência o atendimento, a participação e a valorização das famílias pois se trata de um trabalho em rede. A abertura do Centro em Cachoeira está prevista para o final do mês de outubro.

Acompanharam a agenda da secretária a primeira-dama Vanessa Simon, a vice-prefeita e secretária de Educação, Angela Schuch e representantes da 8ª Coordenadoria de Saúde.