SAMU cachoeirense é qualificado pelo Ministério da Saúde

Por 5 de maio de 2022

Crédito: Ass. Com.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Cachoeira do Sul conquistou a qualificação perante o Ministério da Saúde. A notícia veio através da publicação da Portaria Nº 1.019 pelo Governo Federal, confirmando que o órgão recebeu parecer técnico favorável do Sistema de Apoio à Implementação de Políticas em Saúde (SAIPS). A partir da qualificação, a unidade passará a receber um incremento federal mensal de R$ 8.794,00 para auxiliar no custeio do serviço, primando pela qualificação da equipe através da educação permanente em saúde com treinamentos, cursos e simulados.

A Unidade de Suporte Básico (USB), que conta com equipe de técnicos de enfermagem e condutores socorristas, foi habilitada na cidade no ano de 2010, através da Portaria Nº 4.092, de 17 de dezembro de 2010. Depois de quase 12 anos, veio a aprovação da proposta de qualificação, credenciando o serviço local ao incremento de verba e às sucessivas melhorias na capacitação dos servidores. Atualmente localizado na Rua Gabriel Almeida, nº 671, o SAMU abrange toda a região urbana e rural do município e atende uma média de 160 pacientes em situações de urgência e emergência ao mês.

A adequação da equipe foi uma das etapas do processo que buscou a homologação da proposta, a partir do qual foram contratados emergencialmente profissionais (técnicos de enfermagem e condutores), além de organizada uma grade de eventos de educação continuada a ser executada junto a equipe. A perspectiva é que o recurso conquistado seja investido também no custeio de uma nova base descentralizada para a equipe, já vislumbrando responder às necessárias adequações técnicas de infraestrutura e logística do serviço.

* SAMU CACHOEIRA DO SUL- UNIDADE DE SUPORTE BÁSICO (USB)
Horário de atendimento – 24 horas ininterruptamente
Endereço – Rua Gabriel Almeida, Nº 671 – Bairro Drews
Telefone – 192

* QUANDO CHAMAR O SAMU 192*
Na ocorrência de problemas cardiorrespiratórios
Intoxicação exógena e envenenamento
Queimaduras graves
Na ocorrência de maus tratos
Trabalhos de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto
Em tentativas de suicídio
Crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito
Quando houver acidentes/traumas com vítimas
Afogamentos
Choques elétricos
Acidentes com produtos perigosos
Suspeita de Infarto ou AVC (alteração súbita na fala, perda de força em um lado do corpo e desvio da comissura labial são os sintomas mais comuns)
Agressão por arma de fogo ou arma branca
Soterramento, desabamento
Crises convulsivas
Transferência inter-hospitalar de doentes graves
Outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.

* QUANDO NÃO CHAMAR O SAMU 192
Febre prolongada
Dores crônicas
Vômito e diarreia
Levar pacientes para consulta médica ou para realizar exames
Transporte de óbito
Dor de dente
Transferência sem regulação médica prévia
Trocas de sonda
Corte com pouco sangramento
Entorses
Cólicas renais
Transportes inter-hospitalares de pacientes de convênio
Todas as demais situações onde não se caracterize urgência ou emergência médica.

* DICAS PARA QUANDO LIGAR PARA O SAMU 192

Em caso de acidente, verifique a quantidade de vítimas, o estado de consciência delas e se alguma delas está presa às ferragens;
Ligue para o 192 e siga as orientações do Médico Regulador;
Sinalize as vias com galhos de árvore e triângulo de sinalização;
Em caso de acidente com motos: não toque nas vítimas, não retire o capacete;
Não dê água aos acidentados.

Ilustração: Simone Netto Mônego (SMS)

Texto: Viviane Souza/Imprensa SMS