20.5 C
Cachoeira do Sul
quinta-feira, 4 março, 2021 - 06:21
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Que tal um novo normal?

Bem que podemos aproveitar essa forma diferenciada de seguir nossa rotina devido às inúmeras exigências impostas pela pandemia, e promovermos uma mudança pra valer, realmente um novo normal também em nossos relacionamentos diários, priorizando acima de tudo a harmonia e o bem-estar com quem convivemos.

E como perceber se estamos mudando pra melhor? Quando mudarmos, igualmente, pra melhor as reações que costumamos ter ao sermos contrariados por pessoas e situações, e que até hoje encaramos de forma negativa e sofredora, como aprendemos a fazer desde sempre.

Mas se ao contrário do normal, agirmos e reagirmos, de forma tranquila e serena nesses casos, do tipo “muita calma nessa hora”, a nossa vida vai agradecer demais, pois estaremos garantindo acima de qualquer coisa, inclusive de hábitos equivocados do passado, a nossa tão relaxante e prazerosa paz, que tanto queremos a cada momento, e que só depende de nós preservá-la, ou não.

Então, se reagirmos a fatos indesejáveis para nós da forma mais usual, ou seja, adversa e negativa, por acharmos que são os outros os responsáveis pelo que nos contraria, e não nós próprios e os nossos plantios, faremos com que se repitam situações dessa mesma sintonia para conviver conosco.

E a desarmonia, por isso, não finda, tornando-se cíclica em nossa vida, indo e voltando… pois nem acabamos de sair de uma situação indesejável e já estaremos plantando outra, de igual vibração, para colher mais adiante, como se fosse uma encomenda que nós mesmos fizemos, ou como alguém já disse sabiamente: “O delivery cósmico nunca falha”.

Ao adotarmos esse novo normal na nossa vida, de dar realmente valor e importância ao que nos faz bem de verdade, e não mais nos importarmos com o que nos magoa, entristece ou prejudica, estaremos imunes à infelicidade, já nos fazendo merecedores de uma vida plenamente saudável, repleta de satisfação e de alegria sempre… agora inclusive.

 

O melhor de tudo é que a gente tem opção. A começar por concordar ou não com as afirmações acima.

Ótima semana, queridos leitores e leitoras!

Cleo Boa Nova é publicitário, palestrante, escritor, músico e comunicador, autor dos livros “A Nossa Vida é a Gente Quem Cria. Senão Não Seria a Nossa Vida” e “Viva Feliz o Dia de Hoje. Viva!” e autor-intérprete do CD “Paz e Alegria de Viver”.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região