Projeto quer incluir curso de Manobras de Heimlich no pré-natal de cachoirenses

Por 24 de julho de 2022

Um projeto de lei de autoria do vereador Felipe Faller, do União, prevê a obrigatoriedade da inclusão do curso de Manobras de Heimlich no pré-natal das gestantes nas Unidades Básicas de Saúde, bem como na rede hospitalar pública de Cachoeira do Sul. A proposta está em debate na Câmara, que tem sua próxima sessão nesta segunda-feira, a partir das 14 horas.

O curso é um método pré-hospitalar de desobstrução das vias aéreas superiores por corpo estranho. Será ministrado durante o período do pré-natal, por equipes interdisciplinares de Saúde do Município.

As instituições de saúde pública terão até 180 dias para adequação às determinações.

Conforme levantamento apresentado pelo vereador, a sufocação ou engasgamento ocupa o terceiro lugar no ranking de mortes de crianças vítimas de acidentes no Brasil e representa a primeira causa em situações de crianças com até um ano de idade.

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Pediatria, 15 bebês morrem por dia em consequência deste tipo de acidente doméstico.

“Este projeto de lei visa equipar pais e mães com o devido conhecimento para que tragédias deste tipo possam ser evitadas” – vereador Felipe Faller