Programa pode beneficiar mulheres na menopausa em Cachoeira do Sul

Por 24 de junho de 2022

Credito: Francisco Sperb

O vereador Magaiver Dias (PSDB) apresentou na Câmara de Vereadores de Cachoeira do Sul, o projeto de lei nº 51/2022, que dispõe sobre a criação do programa de atenção a mulheres na menopausa e no climatério, ofertados por meio do Sistema Único de Saúde.

A proposta está em consonância com o princípio do atendimento integral à saúde previsto na Constituição Federal de 1988 e na Lei Orgânica do SUS (Lei 8.080/1990) e com os princípios da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher, de qualificar a atenção às mulheres nesse período de sua vida, considerando as diversidades e especificidades das mulheres brasileiras.

A menopausa ocorre porque, com o avanço da idade, os ovários param de produzir estrogênio e progesterona. Durante os anos antes da menopausa, a produção de estrogênio e progesterona começa a variar e a menstruação e a ovulação ocorrem com menos frequência. As menstruações e a ovulação acabam cessando permanentemente e não há mais a possibilidade de ocorrer gravidez de forma natural. A última menstruação pode ser identificada apenas posteriormente, quando não tiver ocorrido qualquer menstruação durante um período mínimo de um ano.

“A falta de informação e conhecimento sobre os períodos pelos quais o corpo feminino passa geram transtornos diários na vida de várias mulheres. Não entender a necessidade de acompanhamento profissional nesta fase, faz com que os sintomas do período de climatério e menopausa interfiram de forma ativa na qualidade de vida, nos relacionamentos interpessoais, e no trabalho”, destacou Magaiver.

Diagnóstico

A menopausa é evidente em aproximadamente 75% das mulheres. Assim, análises laboratoriais são normalmente desnecessárias. Se a menopausa começar vários anos antes dos 50 ou os sintomas não forem nítidos, é possível que exames sejam realizados para constatar distúrbios que podem interromper as menstruações.

“Por meio do programa de apoio será possível ampliar ações de divulgação de informações para mulheres na menopausa; realização de exames de exames diagnósticos; disponibilização de reposição hormonal e outras medicações necessárias; atendimento psicológico; e acompanhamento por equipe multiprofissional de saúde. Essas ações facilitarão o acesso das mulheres com menopausa a serviços que podem estar sendo omitidos ou não priorizados, mas que são necessários para melhorar o bem-estar e a qualidade de vida das mulheres”, informou o vereador.

Demanda da comunidade

Conforme explicou Magaiver, a apresentação do projeto de lei atende um pedido da comunidade. “Fui procurado por um grupo de mulheres cachoeirenses com essa demanda, como meu mandato é pautado pela população, buscamos através deste projeto atender essa solicitação”, finalizou.