25 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 13 abril, 2021 - 11:33
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Privatização: federação convoca prefeito para debater serviços da Corsan

Para tratar sobre os possíveis impactos nos municípios gaúchos caso a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) seja privatizada, a Federação das Associações dos Municípios do RS (Famurs) irá realizar na próxima quarta-feira (31) uma reunião com os 317 gestores que possuem serviços de água e e esgoto fornecidos pela empresa em seus municípios. A convocação incluiu o prefeito de Cachoeira do Sul, José Otávio Germano, para participar do encontro de forma virtual, a partir das 9 horas.

A reunião que irá abordar as possibilidades de venda da Corsan irá acontecer após o governo do Estado anunciar a intenção de privatizar a estatal. Durante o encontro, também será abordado dados dos municípios com a Corsan e o cronograma de tramitação do projeto na Assembleia Legislativa.

Medida

O Governo do Rio Grande do Sul anunciou a privatização da Companhia Rio Grandense de Saneamento (Corsan). O processo será feito via abertura de capital à iniciativa privada. Atualmente, a empresa é responsável pelo fornecimento de água e o tratamento de esgoto de 317 dos 497 municípios do Estado.

Com a medida, Estado deixará de ser acionista majoritário da companhia, que é uma sociedade de economia mista de capital aberto. Com a desestatização, o governo passa a ser acionista de referência da empresa.

Conforme o governador Eduardo Leite (PSDB), a medida foi motivada pela incapacidade da empresa em cumprir as metas do marco legal do saneamento básico, sancionado em 2020 pelo presidente Jair Bolsonaro.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região