21.9 C
Cachoeira do Sul
quinta-feira, 25 fevereiro, 2021 - 20:35
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Prefeitura suspende ponto facultativo e funcionará normalmente no Carnaval

Preocupado com aglomerações, prefeito José Otávio decide manter Prefeitura aberta no Carnaval / Foto: Arquivo

A Prefeitura de Cachoeira do Sul publica nesta terça-feira (2) o Decreto 15/2021, que revoga os pontos facultativos dos dias 15, 16 e 17 de fevereiro, datas que compreendem o Carnaval deste ano. Isso significa que todas as repartições municipais terão expediente normal durante o Carnaval.

Os pontos facultativos tinham sido determinados pelo Decreto 04/2021. A justificativa para a revogação é a situação de calamidade pública do Rio Grande do Sul e do país com a pandemia do coronavírus. Desta forma, não haverá alteração na rotina do funcionalismo na segunda (15), terça (16) e quarta-feira (17).

Um temor do prefeito José Otávio Germano e de autoridades de diferentes esferas do poder é a possibilidade de aglomerações e festas clandestinas durante o período de Carnaval. José Otávio segue decisões de prefeitos de grandes cidades brasileiras, como Porto Alegre e São Paulo, que decidiram pela revogação dos pontos facultativos para desestimular encontros em massa.

PRAIAS GAÚCHAS

Para as praias gaúchas, a tendência é de que o governador Eduardo Leite determine a interdição das faixas de areia para desestimular a ida em massa de veranistas ao litoral gaúcho. Decisão semelhante esteve em vigor nesta segunda-feira (1º) e também nesta terça-feira (2), que é o período de celebrações de Nossa Senhora dos Navegantes e de Iemanjá. O regramento determina a interdição “de todas as praias do litoral e das águas internas do Estado do Rio Grande do Sul, das dezoito horas do dia 1º de fevereiro de 2021 às oito horas do dia 02 de fevereiro de 2021”.

Na sexta-feira (29), quando divulgou o mapa preliminar do distanciamento controlado, governo já havia alertado para a preocupação com este feriado e o de Carnaval. Desde então, o Gabinete de Crise estava avaliando as sugestões debatidas durante reuniões entre o governador Eduardo Leite e líderes religiosos.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região