Prefeitura decide manter protocolos obrigatórios contra Covid

Por 19 de novembro de 2021

Em reunião na tarde desta sexta-feira no gabinete do prefeito, em que estiveram presentes representantes da Secretaria Municipal de Saúde, do Hospital de Caridade e Beneficência e da Procuradoria Jurídica do Município, o grupo analisou as deliberações do Governo do Estado, com mudanças nos protocolos obrigatórios para prevenção contra a Covid-19 em todas as atividades. Uma nota foi divulgada na sequência com as seguintes determinações:

  • Considerando que Cachoeira do Sul recebeu recentemente dois avisos do Governo do Estado, em decorrência do aumento do número de casos de Covid-19 e do aumento da ocupação hospitalar, sendo o último em 10 de novembro;
  • Considerando que, até 8 de novembro de 2021, a UTI Covid estava com 100% de lotação;
  • Considerando que houve redução de ocupação hospitalar, contudo, ocorrendo também de forma simultânea elevação do número de óbitos – sete óbitos de cachoeirenses entre 8 e 16 de novembro;
  • Considerando que a taxa de incidência de novos casos de Covid-19 em Cachoeira do Sul é de 104,62 por 100 mil habitantes, em patamar muito superior à taxa estadual, que hoje está em 51,2 e à regional, que é de 45,3
  • Considerando que tem sido observada, nos últimos 7 dias, redução dos novos casos, não podendo ainda afirmar-se, contudo, que se trata de redução consistente;
  • Ficam mantidas, neste momento, as normas locais vigentes, e determinada nova reunião no início da próxima semana, para reanálise da situação.