15.3 C
Cachoeira do Sul
domingo, 7 março, 2021 - 08:45
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Prefeitura adia retorno das aulas presenciais

Crédito: Ass. Com.

A Secretaria Municipal de Educação de Cachoeira do Sul esteve reunida nesta quarta-feira (17), no auditório do Sicredi, com os gestores de escolas municipais, Sindicato dos Professores Municipais (Siprom) e Conselho Municipal de Educação para apresentar o plano de retorno gradual à presencialidade nas escolas municipais. Conforme a secretária Angela Schuh, o calendário anterior, que previa o retorno no dia 8 de março, não poderá ser aplicado, pois a Prefeitura não terá tempo hábil para realizar a contratação dos 345 profissionais necessários para o retorno das aulas.

Novo calendário

– Dia 15 de março – Início das aulas do Ensino Fundamental/Anos finais (grupo presencial);

– Dia 22 de março – Início das aulas do Ensino Fundamental/Anos iniciais (grupo presencial);

– Dia 29 de março – Início do atendimento presencial gradual e escalonado para a Educação Infantil – Pré-Escola (4 e 5 anos);

– Dia 5 de abril – Início do atendimento presencial gradual e escalonado para a Educação Infantil – idade creche (até 3 anos).

Como vai funcionar o atendimento aos alunos

Os alunos do Ensino Fundamental serão atendidos de forma escalonada, com aulas presenciais e atividades remotas. As turmas serão divididas em dois grupos, com um grupo por vez indo à Escola durante a semana. O grupo que estiver em sala de aula terá a presença do professor, já o grupo que está em casa terá atividades para realizar remotamente.

Para a Educação infantil, haverá duas modalidades de atendimento. Os alunos em turno integral, serão divididos em grupos, sendo que um grupo será atendido todas as manhãs e o outro todas as tardes. Para a modalidade integral, o atendimento será diário em um turno. A escolha pelo formato se deu, principalmente, pela questão da adaptação, que seria prejudicada caso os grupos se revezassem de uma semana para outra.

Para a Educação Infantil na modalidade não integral, os grupos serão alternados por dia. Por exemplo: grupo A – segunda, quarta e sexta; grupo B – terça e quinta. Na semana seguinte, é feita a inversão para que o grupo B participe presencialmente em 3 dias. Para os alunos da Educação infantil, especialmente os de 4 e 5 anos, serão dadas orientações pedagógicas de atividades para serem feitas em casa, caso os familiares optem pelo remoto.

Turno reduzido

Em todas as modalidades, os alunos ficarão 3 horas/dia na escola. Já os professores estarão na escola durante todo o turno para dar o suporte aos pais e para planejar as atividades de casa. Mesmo com o turno reduzido, os alunos terão garantia de alimentação escolar.

Optantes pelo ensino remoto

Os pais que não desejarem que os filhos retornem ao ensino presencial podem assinar uma declaração, disponível nas direções das Escolas. As Escolas também estão fazendo uma pesquisa sobre o retorno gradual. Conforme a diretora pedagógica da SMEd, Solanje Louzada, a gestão está surpresa com a aceitabilidade do retorno gradual presencial proposto. Os alunos que não quiserem voltar, serão atendidos de forma remota. No decorrer do ano, se quiserem migrar para o presencial, poderão solicitar à direção que fará a reorganização das turmas.

Retorno com segurança e empatia – A vice-prefeita e secretária Angela Schuh, durante sua fala na reunião de ontem, reforçou o quanto o novo momento exigirá de professores e de todos os trabalhadores da educação. “Ainda estamos aprendendo com a situação, precisamos ter muita empatia e garantir que tudo seja feito com segurança”, pontuou.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região