19.2 C
Cachoeira do Sul
sexta-feira, 23 outubro, 2020 - 00:06
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • NEGÓCIOS
  • População brasileira já é um das cinco que mais passa tempo jogando no planeta

População brasileira já é um das cinco que mais passa tempo jogando no planeta

Crédito: Reprodução

O Brasil é a única nação latino-americana que aparece entre as cinco primeiras na lista mundial de gamers. E, em média por mês de horas gastas por usuário, o país já chegou a ultrapassar a China e a Índia.

Além disso, um levantamento realizado pela Comscore apontou que o cenário de jogos nacional não é mais algo majoritariamente masculino. As mulheres já correspondem a 49% do público gamer, além de serem a maioria dos jogos pela internet. Hoje em dia, essas plataformas digitais oferecem uma grande variedade de entretenimento e até títulos clássicos de cassinos online, como é o caso do Frank & Fred.

Com cerca de nove horas dedicadas a essa diversão mensalmente, o público brasileiro corresponde a 73 milhões de adeptos apenas no quesito mobile. Sendo assim, o país virou o quarto maior detentor de usuários de aplicativos de jogos no planeta.

Todavia, o levantamento colheu informações até março deste ano, isso quer dizer que é uma avaliação do segmento de jogos eletrônicos no território nacional antes das medidas de distanciamento social em função do agravamento da pandemia do novo Coronavírus.

A Comscore estima que a necessidade de isolamento nos últimos tempos acelerou o processo de expansão desse mercado. Neste cenário, a análise é que se sucedeu em meses o que deveria ocorrer em anos, algo quese alinha a matéria publicada recentemente no portal iGaming Brazil: “Com Mercado de Games em Alta, Potencial dos eSports no Brasil é um dos Maiores do Mundo”.

Os dados apresentados no estudo da Comscore também revelam uma modificação cultural relevante. Além da equivalência entre o público, as mulheres acima dos 35 anos e os homens com mais de 45 anos são os que consomem mais tempo com games.

Isso acontece porque os adultos contam com mais liberdade para definir o que fazer com o tempo vago e tem dispositivos adequados para jogar. Além disso, esse público costuma apostar em jogos mais tradicionais e que exigem mais tempo de dedicação. Portanto, essa faixa etária está promovendo uma mudança de seu entretenimento do formato off-line para o online.

Advertisement
Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região