Policiais militares salvam bebê engasgado em Paraíso do Sul

Por 6 de julho de 2021

Dois policiais militares salvaram a vida de um bebê de 1 mês de vida que estava engasgado com leite materno na noite desta segunda-feira, em Paraíso do Sul. Por volta das 21h45, na Cohab, os soldados Jean Cunha e Joana Gaedke aplicaram a manobra de Heimlich – método de desobstrução de vias aéreas – e conseguiram reanimar a pequena Beatriz Schengler.

Os PMs receberam a ligação da mãe da criança, Gabriele Schmengler. A mulher relatava que a filha havia engasgado e com dificuldades para respirar. A orientação para a mãe para reanimação do bebê foi repassada. No entanto, a mulher demais familiares estavam nervosos com a situação e não conseguiram realizar o procedimento. Com a informação de que a menina estava sem sinais, os policiais militares decidiram seguir com a viatura e foram até a casa.

Já na frente da moradia, os PMS encontraram a família com o bebê que estava roxo. A criança foi colocada na posição correta e os policiais aplicaram a manobra de Heimlich. No primeiro momento, o bebê chorou e retomou os sinais.

Após verem que a criança já estava melhor, os PMs levaram a menina, acompanhada da mãe e da avó, até o hospital da cidade, distante cerca de 8 quilômetros da casa da família. Após exames e um período de obervação, a criança foi liberada.

Saiba mais

A manobra de Heimlich é uma técnica de primeiros socorros utilizada em casos de emergência por asfixia. Nesta manobra, utilizam-se as mãos para fazer pressão sobre o diafragma da pessoa engasgada, o que provoca uma tosse forçada e que faz com que o objeto ou líquido seja expulso dos pulmões.

Seu criador foi o médico norte-americano Henry Heimlich, em 1974.

Caso o bebê sofra um sério engasgamento que o impeça de respirar, a manobra é feita de forma diferente. O primeiro passo é deitar a criança sobre o braço com a cabeça um pouco mais baixa que o tronco e observar se existe algum objeto em sua boca que possa ser removido.

Caso contrário, e ela continuar engasgada, é preciso incliná-la com a barriga sobre o braço, com o tronco mais baixo que as pernas, e dar cinco palmadas com a base da mão nas suas costas. Se ainda assim não for suficiente, deve-se virar a criança de frente, ainda sobre o braço, e efetuar compressões com os dedos médio e anular sobre o tórax da criança, na região entre os mamilos.