Polícia identifica suspeito de compartilhar listas dos mais “cornos” e “chatos”

Por 28 de abril de 2022

A Polícia Civil de Candelária identificou um suspeitos de compartilhar as listas dos “mais chatos”, “mais cornos” e “mais velhacos” em grupos de WhatsApp. O caso deve ser encaminhado ao Cartório de Mediação de Conflito. A expectativa é que o suspeito deva fazer uma retratação pública.

Uma das vítimas que registrou ocorrência repassou nomes de possíveis envolvidos no caso.

Em torno de 250 pessoas foram citadas nas cinco listas compartilhas. Ao todo, quatro registros foram realizados na Delegacia de Polícia.

O andamento da apuração pode resultar na responsabilização por crime de difamação.