José Otávio rebate Trojahn sobre leilão de imóveis

Por 16 de agosto de 2021

O prefeito José Otávio Germano pediu para os secretários de Governo e Planejamento, Hélio Garcia Junior e Cláudia Scarparo, respectivamente, estarem na tarde desta segunda-feira (16) na Câmara de Vereadores para implementarem um diálogo com o Legislativo no sentido de acelerar a tramitação e posterior votação dos projeto de lei para o leilão que venderá imóveis da Prefeitura e reverterá o valor arrecadado para o Fundo de Aposentadoria e Pensão do Servidor.

“A aprovação da lei não significa automaticamente que está tudo pronto. Ainda há um processo a ser desenvolvido e por isso esta lei precisa ser aprovada o mais breve possível” – prefeito José Otávio Germano

A respeito da afirmação do vereador Ronaldo Trojahn sobre a inclusão de uma determinada área no leilão, José Otávio frisou que trata-se da opinião do vereador e reafirmou ter certeza da lisura e correção do projeto enviado ao Legislativo. “Este terreno citado pelo vereador não possui nenhum tipo de impedimento para que seja leiloado. Ele está perfeitamente legal, livre e desimpedido para ser levado a leilão”, enfatizou o chefe do Executivo Municipal.

O prefeito lembrou ainda que este tipo de situação faz parte da cultura equivocada em ceder áreas que são da Prefeitura. “Não se pode sair doando ou cedendo o que é da Prefeitura. São patrimônios públicos, do povo. Se é para se desfazer, é preciso que paguem por isso. Neste caso, queremos destinar este valor para esta dívida com o Faps”, destacou José Otávio.