Paraíso do Sul deve ter início de construção da praça de pedágio até fim do ano

Por 30 de setembro de 2021

A Concessionária Rota de Santa Maria, do Grupo Sacyr, divulgou sua avaliação sobre os primeiros 30 dias de concessão dos 204,5 quilômetros da RSC-287, entre Tabaí e Santa Maria. O diretor, Renato Bortoletti, apresentou um relatório de atividades, incluindo serviços de manutenção da rodovia. Ainda segundo o diretor da Rota de Santa Maria, três pedágios – incluindo a praça de Paraíso do Sul – têm previsão do início de obras para até o fim do ano. As praças são ainda em Taquari e Santa Maria com duração de 12 meses.

Saiba mais

A Rota de Santa Maria assumiu a rodovia dia 30 de agosto, após publicação da súmula do Termo de Arrolamento e Transferência dos Bens no Diário Oficial do Estado. A concessão abrange a RSC-287, no trecho entre Tabaí e Santa Maria. O contrato possui duração de 30 anos e prevê a duplicação de todo o trecho concedido, com investimentos de R$ 2,7 bilhões.

Durante a coletiva, a concessionária divulgou planos de ampliação e reforma das duas praças de pedágio, em Venâncio Aires e Candelária, em até 12 meses, com objetivo de melhorar o fluxo na rodovia.

O valor do pedágio reduziu com a nova concessionária, passando para R$ 3,70 para veículos de passeio nos trechos que antes eram sob administração da Empresa Gaúcha de Rodovias. Ou seja, uma queda de 47% em relação à tarifa anterior. Já para motociclistas – que até então não pagavam pedágio, teve início a cobrança, conforme já ocorria em rodovias federais, com tarifa de R$ 1,90.