Operação policial apreende trilho furtado na Região

Por 23 de fevereiro de 2021

Crédito: PC

Dois jovens – 22 anos e 26 anos – foram presos pela Polícia Civil por receptação de trilhos furtados em Restinga Sêca. A dupla foi flagrada com material furtado de linha férrea durante a operação denominada “Rumo aos Trilhos”. A ação foi desencadeada no dia 18, mas a divulgação de seus resultados foi feita apenas nesta terça-feira (23). De acordo com a Polícia, foram apreendidas 25,8 toneladas de peças de ferro como trilhos, placas de apoio, grampos, peças de vagões e parafusos, além outros peças utilizados pela empresa Rumo, responsável pela ferrovia.

A Polícia recebeu informações sobre furtos na linha ferroviária na Região.

Crédito: PC

O filho do dono de uma recicladora na região Sul de Santa Maria e um suspeito que chegava em um caminhão de frete com mais de 2 toneladas de trilhos – que teriam sido furtadas – foram levados à Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) para o registro da ocorrência. Os dois foram presos em flagrante, mas pagaram fiança de um salário mínimo e vão responder ao processo em liberdade.

O homem de 26 anos de idade que contratou o frete do caminhão já havia sido detido no semana passada com uma esmerilhadeira (serra para cortar ferro) que havia sido furtada. O material foi devolvido à empresa.

As investigações policiais indicam que parte do material apreendido foi furtada em Restinga Sêca. A descoberta ocorreu por meio de rastreamento, uma vez que todo o material possui uma identificação que permite à empresa saber de qual cidade e qual linha ele pertencia.

O receptador pagaria R$ 1,20 por quilo de ferro, o que daria um total de quase R$ 30 mil. Os investigadores acreditam que o material era vendido por R$ 3, o que geraria um lucro de mais de R$ 46 mil.

O crime de receptação prevê pena de um a quatro anos de prisão e multa.