Novo piso do magistério deve subir 12,84% em 2020

Por 30 de dezembro de 2019

 

 

 

O anúncio por parte do governo de que o reajuste do piso nacional dos professores deve subir 12,84% provocou reação de prefeitos e governadores. O valor mínimo do magistério passa de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,15 em janeiro de 2020.

A alegação é de que tanto prefeituras como governos estaduais não tinham esta previsão em orçamento e defendem que o percentual de majoração seja o índice da inflação.

O pagamento do piso nacional é uma luta dos professores desde a criação da lei em 16 de julho de 2008. No RS há uma  a maioria das prefeituras paga o piso, no entanto, o índice anunciado causou surpresas aos prefeitos que já têm o respaldo da Famurs. Para o presidente da entidade, Eduardo Freite, o índice é impagável, até porque a Justiça tem interpretações diferentes para o que seja o piso em diferentes regiões do país.

Quem reagiu também foi o secretário estadual da Educação, Faisal Karam. Ele disse que não sabe de onde o MEC tirou esse número se referindo ao percentual de majoração.