12.6 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 13 abril, 2021 - 07:10
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • REGIÃO
  • Novo Cabrais: No CTG Presilha Pampiana, as mulheres ocupam seu espaço

Novo Cabrais: No CTG Presilha Pampiana, as mulheres ocupam seu espaço

O Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Presilha Pampiana entra na lista de tantos outros no estado do Rio Grande do Sul que vem rompendo barreiras e entrando para a história. Na noite do último sábado (11), Fabiana Becker Deicke foi empossada como a nova patroa do CTG. Além dela, outros 22 membros compõem a nova patronagem pelos próximos dois anos. O grupo terá pela frente um ano cheio de atividades, entre elas a programação da Semana Farroupilha, que ocorre no mês de setembro.

A posse ocorreu durante um baile animado pela Banda Toque de Veneira na sede do CTG. O evento contou com a presença do coordenador da 5ª Região Tradicionalista (RT), Luiz Clóvis Vieira, sua assessora Vera Carvalho e do Xirú e Chinoca da 5ª RT, Charles Daniel Haag e Gleides Amaral. Em seu discurso, a nova patroa destacou o desafio de assumir a entidade de Novo Cabrais e disse contar com o apoio de todos os
amigos tradicionalistas e familiares para manter o Presilha Pampiana no nível forte que está atualmente.

Nova patroa do CTG Presilha Pampiana, Fabiana Becker Deicke / Foto: Matheus Haetinger/Decom

Uma de suas metas frente à diretoria da entidade tradicionalista será buscar meios para equipar e mobiliar a sede. Além disso, Fabiana pretende junto com a patronagem fortalecer o setor cultural, artístico e esportivo do CTG, com a promoção de eventos.

Em seu pronunciamento a nova patroa ainda agradeceu os associados, a comunidade e os patrocinadores. Em especial ela agradeceu a prefeitura municipal de Novo Cabrais por ser uma incansável parceira do Presilha Pampiana, que neste ano completa seis anos de existência.

MULHERES NO CTG

A nova patronagem do Presilha Pampiana conta com sete mulheres. Segundo Fabiana isto é uma inovação na entidade e vem ao encontro do tema anual do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG): “Mulher Gaúcha – 70 anos de Inclusão no Tradicionalismo Gaúcho Organizado, suas conquistas e participações” e que norteiam as atividades dos CTGs do Rio Grande do Sul em 2019. “A mulher sempre foi parceira de seus pares, em todas as grandes promoções realizadas no CTG elas marcam presença. Cada uma com a sua missão à frente de seus afazeres. A inclusão das mulheres é uma forma de valorizar o trabalho feminino e a
maneira de evidenciar a importância das mulheres no tradicionalismo gaúcho”, ressaltou a nova patroa, que irá comandar a entidade até maio de 2021. O ex-patrão, Edson Sobroza, continua na nova diretoria.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região