16.5 C
Cachoeira do Sul
sábado, 19 setembro, 2020 - 18:24
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

No Maracanã, Grêmio empata com Flamengo

Crédito: Lucas Uebel

O Grêmio enfrentou o Flamengo na noite desta quarta-feira (19), no Maracanã, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Em campo, o técnico Renato Portaluppi escalou a sua equipe com força máxima, com todos os titulares: Vanderlei, Orejuela, Geromel, Kannemann, Cortez, Maicon, Matheus Henrique, Jean Pyerre, Pepê, Alisson e Diego Souza. O Tricolor conseguiu sair na frente com um golaço de Pepê, aos 44 minutos do primeiro tempo, mas aos 43’ da etapa complementar, Gabriel Barbosa deixou tudo igual, convertendo um pênalti.

Logo nos primeiros minutos foi possível perceber que seria um jogo muito equilibrado. O Tricolor se mostrou ofensivo, apertando a saída de bola carioca. Já o Flamengo intensificou e adiantou sua marcação.

As primeiras chegadas ao ataque foram gremistas. Aos 3 minutos, Pepê foi acionado por Matheus Henrique na esquerda, mas ao tentar o domínio, a zaga cortou pela linha de fundo – o lance já estava anulado por impedimento do atacante. Já com 11 minutos jogados, os donos da casa ameaçaram pela primeira vez com uma cobrança de escanteio. Arrascaeta colocou na área, para Bruno Henrique desviar de cabeça, mandando pra fora, longe do gol tricolor.

A equipe carioca começou a intensificar seu jogo e, aos 13’, quase marcou. Depois de uma boa jogada trabalhada pelo meio, a bola chegou a Everton Ribeiro, que invadiu a área e finalizou de biquinho, mas por sorte, pra fora. Respondendo quase de imediato, o Grêmio criou com Alisson, que após receber um passe de Jean Pyerre, dominou e finalizou, mas não conseguiu acertar bem, facilitando a defesa de Diego Alves.

Conseguindo se impor mais e dominando a maior parte das ações da partida, o Flamengo teve uma boa chance em bola parada, aos 18’. Arrascaeta cobrou direto e Vanderlei defendeu em dois tempos. O Grêmio, logo em seguida, buscou o ataque, desta vez com Jean Pyerre e Pepê, mas o meia acabou sofrendo uma falta na intermediária. Jean alçou na área, procurando Diego Souza, mas mandou muito forte e a bola se perdeu pela linha de fundo.

Aos 26’, a melhor chance gremista saiu de uma cobrança de falta da intermediária de ataque, pelo meio. Jean Pyerre chutou forte, a bola desviou em Willian Arão e passou raspando a trave da meta defendida por Diego Alves. Minutos depois, em uma situação parecida, no mesmo posicionamento, o meia, mais uma vez, cobrou uma falta, levando muito perigo. Ele chutou direto, mas a bola novamente passou por cima do gol.

Depois de uma cobrança de escanteio gremista, Gabriel Barbosa acabou atingindo Orejuela, que avançava na área, cometendo falta próximo ao bico da grande área. Jean Pyerre cobrou em curva, mas a bola bateu na rede, pelo lado de fora, aos 34’.

A melhor jogada do Grêmio saiu aos 39’, depois de uma boa troca de passes. Jean Pyerre acionou Bruno Cortez na esquerda, que fez o cruzamento. Diego Souza escorou de cabeça para Alisson finalizar de voleio, mas pra fora, por pouco.

E foi na reta final da primeira etapa, após uma jogada originada em uma falta, Alisson deu um lindo passe para Pepê, que se infiltrou às costas da defesa e mandou uma bomba de perna direita, abrindo o placar aos 44 minutos.

Para a etapa complementar, o Grêmio voltou com uma modificação. Maicon saiu para dar lugar a Lucas Silva. E logo aos 3’, em um lance de contra-ataque, Pepê foi acionado na esquerda, cruzando para Diego Souza. O centroavante fez o domínio, cortou pra perna esquerda e finalizou, mas mandou pra fora.

O Flamengo respondeu aos 11’, com um lançamento para Gabriel Barbosa, quase na linha de fundo. O atacante tentou a finalização, mandando nas mãos do goleiro Vanderlei. Na sequência, Renê cruzou da direita, novamente no centro do gol, facilitando a defesa do arqueiro gremista.

O Tricolor seguiu intenso na partida e buscou o ataque por vezes. Em nova oportunidade, foi a vez de Matheus Henrique receber na entrada da área e mandar uma bomba, mas a bola acabou explodindo na marcação. Aos 19 minutos, o técnico Renato promoveu sua segunda alteração, colocando Isaque no lugar de Diego Souza, que sentiu a posterior esquerda.

Com 25’, Jean deu um grande passe para Isaque, que avançou em velocidade em contra-ataque. Ao chegar próximo a grande área, tentou o passe para Pepê, mas o lance saiu errado e a defesa cortou para escanteio. A equipe carioca também ameaçou com boa troca de passes. Arrascaeta cruzou na área, Vanderlei ficou com ela.

A terceira substituição do Grêmio foi feita aos 28’, quando Renato tirou Jean Pyerre, para colocar Thiago Neves.

O Flamengo buscou espaço e criou. Vitinho tentou o gol de empate, aos 29’, soltando uma bomba da entrada da área, mas mandou direto pela linha de fundo. Após jogada de contra-ataque, Pepê saia em velocidade pela esquerda, descendo em diagonal para o meio, quando foi parado com falta.

O Grêmio fez uma linda jogada com Isaque, que iniciou o lance no meio-campo, trabalhou com Pepê e recebeu novamente o passe – O atacante driblou a marcação, conseguiu cortar e finalizar, mas a bola passou raspando a trave esquerda da meta defendida por Diego Alves. Em resposta, Gabriel Barbosa invadiu a área pela direita e finalizou, mas pegou mal na bola, que saiu sem perigo pela linha de fundo.

O Flamengo teve um pênalti a seu favor, depois de uma bola que explodiu no braço de Kannemann. Gabriel Barbosa cobrou e converteu para a equipe carioca, empatando a partida, aos 43 minutos da etapa complementar.

Com o resultado, o Grêmio chega a 6 pontos e até o final desta partida, ocupava a sexta colocação na tabela.

Advertisement