Muita calma nessa hora… Que hora? Todas.

Por 11 de agosto de 2021

Só tem uma coisa pior do que sofrermos por algo que nos acontece… é continuarmos sofrendo.

Seja por desentendimentos, decepções ou pelo motivo que for, sempre que sofremos, iremos sofrer duplamente como é sabido: na hora em que plantamos esse sentimento na nossa vida, e novamente ao chegar o momento da justa e merecida colheita gerada por esse plantio.

Então se sofrer por qualquer razão específica já nos traz infelicidade em dobro, que evitemos ao máximo continuar sofrendo e assim semeando mais daquilo que só nos desagrada.

É certo que cada um tem seus motivos para agir como quiser, sempre, mas ficar sofrendo não muda em nada o que aconteceu com certeza, não nos ajuda em nada, pelo contrário, só atrapalha e adia a retomada da nossa paz e da nossa alegria que já estão em nós, pedindo passagem para se expressarem na nossa vida a todo instante…

Aliás, só depende de cada pessoa permitir ou não que isso aconteça, por ser ela a única comandante de tudo o que pensa, sente, fala e faz. Pois a vida da gente é a gente quem cria, senão não seria a vida da gente.

Nada mais tranquilo e sereno para o nosso dia a dia do que mantermos sempre a calma, mesmo que isso exija maior força de vontade para nós. É que os motivos que normalmente nos fazem perder a nossa tão maravilhosa, adorável e relaxante calma não são mais importantes do ela mesma em nossa vida… Muita calma em todas as horas para nós!

O melhor de tudo é que a gente tem opção. A começar por concordar ou não com as afirmações acima.

Ótima semana, queridos leitores e leitoras!

Cleo Boa Nova é publicitário, palestrante, escritor, músico e comunicador, autor dos livros “A Nossa Vida é a Gente Quem Cria. Senão Não Seria a Nossa Vida” e “Viva Feliz o Dia de Hoje. Viva!” e autor-intérprete do CD “Paz e Alegria de Viver”.