Morte de cachoeirense: invasão de pista foi causa de acidente, conclui inquérito

Por 26 de abril de 2022

Crédito: OC/Arte/Reprodução

O inquérito sobre o acidente que resultou na morte da fisioterapeuta e professora Joice Luisa Monteiro Costa, de 34 anos – que estava em um Fox envolvido na ocorrência – foi concluído pela Polícia de Rio Pardo nesta terça-feira. O caso ocorreu no quilômetro 234 da BR-290, no dia 28 de março. O laudo pericial indica que os veículos estavam trafegando com velocidade compatível com a via e que a causa provável do acidente foi uma invasão de pista por parte do ônibus, segundo os vestígios.

Foram ouvidas testemunhas, incluindo passageiros do ônibus e condutores envolvidos. Houve divergências nos relatos, com destaque ao veículo que seria causador do acidente.

A colisão envolveu um ônibus com militares do exército, um caminhão com toras de madeira, uma van e um Fox – onde estava a passageira de Cachoeira do Sul. O acidente resultou em seis vítimas: o motorista, quatro passageiros do ônibus e a caroneira do carro. O caminhão seguia no sentido interior/capital. Já os outros veículos transitavam em sentido contrário.

Uma câmera e seu cartão de memória chegaram a ser recolhidos do caminhão, mas não havia imagens disponíveis.

O procedimento encerra sem indiciamentos.