Morte de cachoeirense deixa Polícia em luto

Por 6 de julho de 2021

A morte da policial Nisete Machado, 49 anos, deixa sua terra natal, Cachoeira do Sul, de luto. Também enlutados, seus colegas de missão na corporação. A cachoeirense atuava na Delegacia de Polícia de Vera Cruz. Nisete faleceu vítima de Covid-19, no Hospital Ana Nery, em Santa Cruz do Sul.

Com ingresso na Polícia Civil em 2004, Nisete também trabalhou em Santa Cruz do Sul na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) e na 1ª Delegacia de Polícia.

A cachoeirense deixa o esposo, Jussemar Luiz Pereira, servidor da Guarda Municipal de Santa Cruz do Sul.

Velório e sepultamento ocorreram nesta segunda-feira. Os atos fúnebres iniciaram na Capela da Funerária Halmenschlager, na Avenida Independência, 1356, em Santa Cruz, ainda pela manhã. Pela tarde, o corpo foi levado para a Capela da Funerária Freitas de Cachoeira do Sul, na Rua Roberto Danzmann, 630. Já o sepultamento foi realizado no Cemitério Municipal de Cachoeira do Sul.

O Sindicato dos Agentes de Polícia Civil do RS emitiu nota de pesar pela morte da policial. Confira:

“É com profundo pesar que comunicamos o falecimento da nossa colega Nisete Machado, lotada na DP de Vera Cruz, vítima da COVID-19. Nisete ingressou na PC no ano de 2004, tendo trabalhado, anteriormente, nas DPCA, DPPA e 1DP de Santa Cruz do Sul. Deixa esposo, servidor da Guarda Municipal. O velório ocorrerá amanhã, a partir das 08:00, em Santa Cruz do Sul. As 13:00, o corpo será transladado para Cachoeira do Sul, onde haverá o sepultamento, as 17:00. Aos familiares, amigos e colegas, nossos sentimentos de solidariedade” – UGEIRM/Sindicato