Morre mulher atingida por paralelepípedo na freeway

Por 14 de junho de 2021

Munike tinha 45 anos e deixa esposo e filho de 6 anos / Foto: Divulgação

Faleceu ainda neste domingo (13) no Hospital de Pronto Socorro (HPS), em Porto Alegre, a mulher atingida por um paralelepípedo na freeway. Munike  Fernandes Krischke, de 45 anos, chegou a ser submetida a várias cirurgias, mas não resistiu.

O carro era conduzido pelo marido de Munike, Alex Von Zeidler Ramos, que não se feriu. Os dois residem no bairro Sarandi e se deslocavam em direção à Zona Sul de Porto Alegre, para um jantar em comemoração ao Dia dos Namorados, num restaurante. Quando passavam sob uma das alças da nova Ponte do Guaíba, o paralelepípedo atingiu o veículo, um Honda WRV.

Aos familiares, Alex relatou que Munike conversava com ele, de mãos dadas, quando ouviram um estouro e ele se viu coberto de cacos de vidro. O pára-brisas estilhaçou e, ao olhar para o lado, Alex  percebeu que sua mulher estava com a cabeça caída, o rosto arroxeado e um paralelepípedo caído sobre o peito dela.

As polícias Civil e Rodoviária Federal trabalham com a hipótese de tentativa de assalto. Após o incidente, Alex seguiu às pressas com o carro em direção ao HPS, onde foram constatadas rupturas em veias do coração e do fígado de Munike.

O restaurante onde eles iriam jantar estava com mesa reservada e decorada, inclusive, com fotos do casal. Familiares entraram em choque assim que souberam do que aconteceu.

Além do marido, Munique deixa um filho de seis anos.