Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra gripe e sarampo

Por 3 de junho de 2022

Saúde estadual ainda não se manifestou sobre a decisão. Foto: Divulgação.

O Ministério da Saúde prorrogou a campanha nacional de vacinação contra a gripe e o sarampo até o dia 24 de junho. Conforme o comunicado do governo, o objetivo é aumentar a cobertura vacinal. O prazo inicial previa que a ação de imunização para os públicos prioritários terminasse nesta sexta-feira (3). No Rio Grande do Sul, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) ainda não se manifestou sobre a decisão.

Este ano, as duas campanhas foram feitas de forma simultânea. De acordo com o Ministério da Saúde, a estratégia foi adotada para aproveitar uma única ida da família aos postos para a aplicação dos dois imunizantes.

 

O Ministério da Saúde estima que 77 milhões de brasileiros estejam nos grupos prioritários da iniciativa contra a gripe. Até agora, 44% do público já buscou a imunização.

ATENÇÃO

Segundo a pasta, estados e municípios poderão ampliar a campanha contra a gripe a partir do dia 25 de junho. A definição do aumento do público dependerá dos estoques de imunizantes contra o Influenza. O calendário da iniciativa contra o sarampo continua o ano inteiro.

Vacinação contra a gripe

  • Quem pode receber:crianças de seis meses a nove anos, gestantes, idosos, povos indígenas, puérperas e trabalhadores da saúde, trabalhadores do transporte coletivo (motoristas e cobradores), das forças de salvamento e segurança, trabalhadores da educação, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade e com comorbidades.

Vacinação contra o sarampo

  • Quem pode receber:trabalhadores da saúde e crianças de seis meses a quatro anos, 11 meses e 29 dias.