Medidas protetivas contra violência doméstica: Cachoeira do Sul ocupa 8ª posição no RS

Por 6 de agosto de 2022

Dados da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar indicam uma média de 336 medidas protetivas concedidas por dia no Rio Grande do Sul. Cachoeira do Sul ocupa a S. O Tribunal de Justiça emitiu, no primeiro semestre deste ano, 60.632 pedidos em todo o estado com base na Lei Maria da Penha.

Ao todo, 163 cidades tiveram, ao menos, um pedido. Porto Alegre lidera com mais de 5,3 mil pedidos. São quase 30 por dia, e mais de um a cada hora.

Confira a lista das dez cidades com mais pedidos:

1 – Porto Alegre: 5,3 mil

2 – Canoas: 2,6 mil

3 – Santa Maria: 2,2 mil

4 – Pelotas: 2,1 mil

5 – Erechim: 1,8 mil

6 – Caxias do Sul: 1,8 mil

7 – São Leopoldo: 1,6 mil


8 – Cachoeira do Sul: 1.590


9 – Novo Hamburgo: 1,4 mil

10 – Alvorada: 1,3 mil

No primeiro semestre de 2022, foram decretadas 2.082 prisões em caso de violência doméstica. Caxias do Sul aparece como o município com o maior número total de prisões, com 133, seguindo por Uruguaiana, com 86, e Alvorada, com 85 prisões.

Você sabia?

A Lei Maria da Penha completa 16 anos neste domingo. Sancionada em 7 de agosto de 2006, inclui 46 artigos distribuídos em sete títulos, criando mecanismos para prevenir e coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher em conformidade com a Constituição Federal e os tratados internacionais.