Marlon denuncia ameaça contra irmã Daniela

Por 29 de agosto de 2021

O deputado federal Marlon Santos divulgou um vídeo na noite deste domingo sobre ameaças que sua irmã, a veredora Daniela Santos, sofreu pela manhã. Conforme descreveu o parlamentar, um homem de motocicleta – que o deputado identificou como “Diego” – parou na frente da da casa da vereadora, no Bairro Universitário, e passou a fazer as ameaças. “É um conhecido matador na cidade. Aos gritos, tentou amedrontar minha irmã. Dizia que ela tinha sido comprada em troca de cargos”, completou Marlon Santos lembrando do debate em torno da Proposta de Emenda à Lei Orgânica Municipal que prevê a implantação do Diário Oficial eletrônico gratuito. “Espero que a Polícia tome conta dessa situação”, emendou o parlamentar.

Ainda segundo o deputado federal, o vídeo que divulgou é uma forma de denunciar o caso para a adoção de providências. “Se não ficar externalizado, provavelmente providências não serão tomadas”, explicou. “Tem uma votação polêmica na Câmara. Não me meto nesse tipo de coisa. Todo tipo de protesto é tolerável. Mas saiu fora do contexto da política. Atingiu um patamar de terrorismo. Passa muito distante da democracia”, alertou. “A partir de agora que ele enxergue a mim e não a minha irmã. Se a gente toma providencia contra um louco desse, a gente passa a ser bandido e ele, mocinho”, considerou. Ainda de acordo com o deputado, a Brigada Militar foi chamada e compareceu ao local. “Minha irmã está com muito receio”, revelou.

Segundo Marlon Santos, uma notícia-crime sobre a ameaça será encaminhada para Ministério Público, Polícia Civil, Câmara de Vereadores e Polícia Federal, além da denúncia para autoridades cabíveis. “Todo mundo em Cachoeira sabe quem é esse bandidinho. Sei proteger a minha família. Se eu fosse o senhor, dava jeito de pegar minha malinha e iria embora. Quem não vai mais ter sossego é o senhor. Não pense que pode dormir a partir de hoje. Não pense. Não pisque”, disparou o deputado ao autor das ameaças.

A votação sobre a Pelom do Diário Oficial eletrônico gratuito está agenda para segunda-feira na Câmara de Vereadores. Na quinta-feira da semana passada, a vereadora Daniela Santos, integrante da Comissão Especial que analisou a proposta, votou contra o parecer favorável elaborado pelo vereador Magaiver Dias.

Confira o vídeo na sua íntegra: