MAIOR GOLPE DA HISTÓRIA CONTRA PECUÁRIA: 13 INDICIADOS

Por 20 de agosto de 2021

A Polícia Civil concluiu e remeteu à Justiça o inquérito da Operação Reculuta, que apura o maior golpe da história da pecuária do Rio Grande do Sul. São ao menos 95 vítimas prejudicadas. Após dois meses de investigação, 13 pessoas foram indiciadas.

Quatro foram presos durante as investigações em mandados expedidos pela Justiça de Caçapava do Sul. Três seguem presos, incluindo quem seria o mentor da suposta fraude.

No total, em 14 municípios gaúchos e de outros três Estados onde a fraude teria sido aplicada, os prejuízos somados alcançam R$ 50 milhões. A pedido da Polícia Civil, a Justiça determinou a apreensão de mais de 16 mil cabeças de gado.

De acordo com as apurações, além de comprar animais e pagar em cheques pré-datados, o esquema ainda beneficiaria falsos pecuaristas. O esquema é chamado pela Polícia de “gado de papel”.

Um funcionário de inspetoria veterinária preso participaria do golpe burlando o sistema do Estado para fazer falsos lançamentos de nascimentos de gado. Com isso, obteria falsas garantias de bens ao fazer empréstimos em bancos e oferecer os bois que não existiam como forma de garantia.