5.6 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 22 setembro, 2020 - 07:50
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • Liberadas provas campeiras em regiões com bandeiras laranja e amarela

Liberadas provas campeiras em regiões com bandeiras laranja e amarela

 

 

Liberação de provas campeiras era uma reivindicação do MTG. Foto: OC Digital

O governo do Estado atendeu pedido do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) e vai autorizar a retomada de atividades e provas campeiras, como tiro de laço e gineteada. No entanto, esta liberação só vale para regiões com bandeiras amarela ou laranja no modelo de distanciamento. A decisão beneficia a região de Cachoeira do Sul, que está em bandeira laranja.

Para os casos de bandeira vermelha, esse tipo de atividade não é permitido. No entanto, com o novo modelo de cogestão do governo do Estado, regiões com esse nível de risco podem adotar medidas da bandeira anterior (laranja) se houver aprovação de dois terços dos prefeitos.

ATENÇÃO

Para que as atividades sejam liberadas, é necessário que sigam as orientações previstas na Nota Informativa, que estabelece recomendações para competições esportivas.

A instituição organizadora deve elaborar um plano de contingência que será usado por todos os envolvidos na competição. O documento deve ser encaminhado às secretarias de Saúde  dos municípios onde ocorrerão as atividades. A partir do plano, as prefeituras farão a análise e solicitarão adequações, se necessário. A decisão final cabe ao município.

SEM PÚBLICO

As atividades devem ser realizadas sem público, inclusive em locais de treinamento. No dia do evento, somente competidores e trabalhadores estão autorizados a ir ao local, e em número reduzido. Crianças não estão permitidas nas competições.

Só podem ingressar no local do evento pessoas com máscara e com temperatura de no máximo 37,4º C – a aferição é obrigatória. Além disso, informações de prevenção à Covid-19 devem ser divulgadas em local visível, e deve haver disponibilização de álcool gel e de locais para lavagem das mãos.

COVATTI

O secretário estadual da Agricultura, Covatti Filho, diz que o próprio MTG propôs protocolos e se dispôs a cumprir as regras determinadas. Para ele, a retomada das atividades vai trazer alívio ao setor. “Tem muita gente sendo impactada como narradores, profissionais do laço e das provas campeiras, empresas de vestimentas e encilhas. Há uma cadeia muito grande que estava paralisada e que poderá retornar. Como não é um esporte de contato, vão conseguir manter a questão do distanciamento, salientou.

O MTG

O vice-presidente campeiro do MTG, Adriano Pacheco, revelou que uma cartilha com as regras será distribuída às mais de 1,7 mil entidades ligadas às coordenadorias regionais.

 

Advertisement