Justiça nega pedido de indenização para Lula contra Eduardo Bolsonaro

Por 21 de setembro de 2021

A Justiça do Distrito Federal negou, em segunda instância, um pedido de indenização, no valor de R$ 131,4 mil, feito pelo ex-presidente e ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva e seus três filhos em um processo contra o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) por divulgação de uma notícia falsa sobre a ex-primeira-dama Marisa Letícia.

No ano passado, o filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, compartilhou uma publicação que dizia que Marisa tinha R$ 256 milhões investidos, quando, na verdade, o valor correto era R$ 26 mil. O equívoco foi atribuído a um erro de digitação de um juiz da 1ª Vara da Família de São Bernardo do Campo (SP).

O petista e seus filhos alegaram que o parlamentar “maculou publicamente a memória” da ex-primeira-dama, que morreu em 2017.

A Justiça também determinou que o petista pague as custas processuais e os honorários da advogada de Eduardo, Karina Kufa. Ainda cabe recurso da sentença.