15.6 C
Cachoeira do Sul
segunda-feira, 10 maio, 2021 - 19:55
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • POLÍCIA
  • Jovem é preso suspeito de matar pais e irmã em incêndio no interior de Tunas

Jovem é preso suspeito de matar pais e irmã em incêndio no interior de Tunas

Crédito: BM

A Polícia Civil de Arroio do Tigre prendeu temporariamente o filho do casal que morreu carbonizado em um incêndio em residência na localidade de Rincão dos Tocos, em Tunas. O caso ocorreu na sexta-feira (12). O rapaz, de 23 anos, é o principal suspeito do crime que ainda resultou na morte de sua irma, de 1 ano e 4 meses. O jovem foi detido neste domingo (14), ao chegar no local do enterro.

Durante a perícia, foram encontrados resíduos de diesel na casa, o que teria confirmado a hipótese de um incêndio criminoso. Testemunhas disseram que viram o jovem em uma boate, exalando cheiro de óleo. Familiares ainda relataram a frieza do suspeito com a notícia da morte dos pais e da irmã. A polícia, então, expediu mandado de prisão por 30 dias que pode se converter em prisão preventiva.

De acordo com seu depoimento, antes de atear fogo, o rapaz teria efetuado um tiro de arma de fogo após uma discussão com o pai em legítima defesa.

Os corpos da mãe e da irmã foram localizados no banheiro, que estava trancado. O suspeito foi encaminhado ao Presídio de Sobradinho.

Saiba mais

O incêndio que resultou em três pessoas da mesma família mortas foi registrado por volta das 8 horas de sexta-feira (12), em Rincão dos Tocos. As vítimas carbonizadas foram identificadas como Adão Antunes Dos Santos e Marlene Schoeninger – marido e mulher – e Jamile Schoeninger dos Santos, filha do casal.

Além da BM, a Polícia Civil de Arroio do Tigre e o Instituto Geral de Perícias (IGP) de Porto Alegre atenderam a ocorrência.

As causas, circunstâncias e possível motivação seguem sendo investigadas.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região