19.6 C
Cachoeira do Sul
sábado, 23 janeiro, 2021 - 07:32
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • POLÍCIA
  • Irmãos presos em Cachoeira são condenados por triplo homicídio

Irmãos presos em Cachoeira são condenados por triplo homicídio

A pedido do Ministério Público, dois irmãos foram condenados por triplo homicídio qualificado e tentativa de homicídio cometidos em Restinga Sêca no dia 29 de setembro de 2018. Conforme o promotor de Justiça Claudio Estivallet Junior, os réus Jorge Gilberto Lopes Linhares e Vitor Gilmar Lopes da Silva foram condenados às penas de 51 e 48 anos e 4 meses, respectivamente, por matarem Claudio de Abreu Ribeiro, Driele Ramos Rodrigues e Mikel Lima Dias, além de tentarem matar Deniker Dutra Alves. Os crimes foram cometidos por motivo torpe, em razão de dívidas e desentendimentos relativos ao tráfico de drogas. A condenação foi confirmada nesta quarta-feira (25). Presos em flagrante pela Brigada Militar e pela Polícia Civil, os dois estão desde então no Presídio Estadual de Cachoeira do Sul.

Com duração de mais de 15 horas, a sessão do Tribunal do Júri ocorreu no Fórum de Restinga Sêca sob a presidência da juíza de Direito Juliana Tronco Cardoso. Atuaram, também, o advogado Leonardo Sagrillo Santiago e a defensora pública Mariana Fenalti Salla. Da decisão, cabe recurso.

Após mais de 15 horas de júri, foi conhecida a sentença que condenou os irmãos.

Os jurados acolheram acusação do Ministério Público, que denunciou a dupla por três homicídios duplamente qualificados, por motivo torpe, em razão de disputa e dívida por tráfico de drogas, e sem ter dado chances de defesa às vítimas. Além de uma tentativa de homicídio com as mesmas qualificadoras, já que uma quarta vítima sobreviveu. A qualificadora por ter dificultado a defesa das vítimas foi rejeitada pelos jurados.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região